PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 24 DE JULHO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

16 DE MARÇO DE 2017

Campanha contra a reforma da Previdência será lançada nesta sexta


Aberto à população, evento, no plenário "Francisco Antonio Coelho", reunirá autoridades, representantes de entidades e lideranças sindicais.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Comunicação Salvar imagem em alta resolução

Perfil oficial da Câmara no Facebook manifesta repúdio à proposta do governo federal


Com a presença de autoridades, representantes de entidades e lideranças sindicais, será lançada nesta sexta-feira (17), às 14h, a campanha "Reforma da Previdência NÃO!", que tem como meta mobilizar os piracicabanos contra a proposta do governo Michel Temer (PMDB) de alterar as regras para a concessão de aposentadorias e benefícios.

O evento no plenário "Francisco Antonio Coelho" marcará o início da coleta de adesões para o abaixo-assinado que será enviado ao Congresso Nacional, onde tramita a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 287/2016. A partir do sábado (18), voluntários estarão em pontos de grande circulação de pessoas recolhendo assinaturas para o documento.

A campanha tem como parceiros o Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba), a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) 8ª Subsecção, o Colegiado das Lojas Maçônicas de Piracicaba e Região, o Conselho de Pastores de Piracicaba, o Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal), a Aojesp (Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo) e o Sindifisco Nacional.

Outra forma de manifestar apoio à campanha é assinando a petição on-line contra a reforma da Previdência, que também será encaminhada a deputados federais e senadores. Para isso, basta acessar o site goo.gl/WPwC6H e informar nome completo e um endereço de e-mail. Lançada na última segunda-feira (13), a petição já conta com mais de 850 assinaturas.

Na carta-convite para o lançamento da campanha, o presidente da Câmara, Matheus Erler (PTB), salienta que a mobilização oferece à população de Piracicaba as oportunidades de "ter acesso à informação com clareza, manifestar seus interesses, participar, debater, mobilizar e expor suas dúvidas".

"A intenção é esclarecer os inúmeros abusos contra os direitos sociais e trabalhistas contidos na proposta do governo federal para reformar a Previdência Social e mostrar a necessidade de nós, cidadãos, lutarmos pelos nossos direitos enquanto há tempo", afirma o vereador, que critica a justificativa usada pelo governo Michel Temer para defender as mudanças.

"A campanha contribuirá para que a população tenha conhecimento de que não existe o tão divulgado "rombo da Previdência" usado como justificativa para a iniciativa do governo federal. Lançar mão desses argumentos evidencia grave descumprimento da Constituição Federal, que insere a Previdência, juntamente com as áreas de Saúde e Assistência Social, no sistema de Seguridade Social, o qual tem sido, ao longo dos anos, altamente superavitário, em dezenas de bilhões de reais", diz Erler.



Texto:  Comunicação


Tópicos: Reforma da Previdência

Notícias relacionadas