PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE MARÇO DE 2017

Câmara organiza ações contra a reforma da Previdência


Lançamento acontece no próximo dia 17 de março, a partir das 14 horas, no plenário Francisco Antonio Coelho



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

A campanha contra a reforma da Previdência da Câmara de Vereadores de Piracicaba teve, na tarde desta quinta-feira (9), a primeira reunião para organização do cronograma de atividades, envolvendo assessores de vereadores, diretores do Legislativo e representante do Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba).

A proposta é levar à sociedade informações técnicas sobre o texto encaminhado pelo governo federal para discussão no Congresso Nacional, mas, sobretudo, buscar a mobilização popular contra as mudanças propostas.

Estão sendo produzidos cerca de 5 mil folhetos sobre a campanha, que repudia a proposta do governo federal, assim como serão confeccionadas faixas, cartazes e cópias do abaixo-assinado, o qual terá ainda versão digital e será encaminhado a Brasília. Também haverá evento no Facebook, envolvendo a página oficial da Câmara na rede social.

"Queremos pedir o apoio dos assessores para alertar a população sobre os prejuízos com a reforma da Previdência", disse Kátia Mesquita, diretora do Departamento Administrativo e que está à frente da campanha.

O lançamento já está agendado para o dia 17 de março, a partir das 14 horas, no plenário "Francisco Antonio Coelho". Na oportunidade, também serão apresentadas as entidades parceiras da campanha contra a reforma da Previdência, que, inicialmente, já conta com o apoio do Conespi e da OAB 8ª Subsecção, assim como da Prefeitura de Piracicaba, do Conselho de Pastores e da Associação dos Oficiais de Justiça.

A jornalista Valéria Rodrigues, representando o Conespi, destacou que "todo apoio é imprescindível" para o sucesso da campanha. "O foco é mostrar à população o quanto a reforma da Previdência a prejudicará", disse ela, que destacou a disposição da entidade, que conta com 23 sindicatos afiliados, em aglutinar os diversos setores que também sofrerão com a proposta que tramita no Congresso Nacional. "Estamos de portas abertas", ratificou. 

O Conespi já esteve por três oportunidades na tribuna popular da Câmara para falar da campanha. Nesta quinta-feira (9), novamente a entidade reforçará as informações sobre a reforma, desta vez com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Wagner Oliveira.

"Temos a clareza de que não existe o tal rombo da Previdência, como o governo quer propagar. Por isso, a sociedade precisa conhecer melhor a real situação", enfatizou Kátia Mesquita.

Também participaram da reunião os diretores Luciano Júnior (Cerimonial), Fábio Bragança (Documentação e Arquivo), Fábio Dionisio (Legislativo) e Filipe Vieira da Silva (Jurídico).



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: Reforma da Previdência

Notícias relacionadas