PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 26 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

26 DE JULHO DE 2018

Entidades vão indicar homenageadas do dia da Mulher Negra


Reunião preparatória, com instituições parceiras e coletivos da cidade, discutiu organização de evento de iniciativa da vereadora Nancy Thame



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 5) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Thaís Passos (2 de 5) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Thaís Passos (3 de 5) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Thaís Passos (4 de 5) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Thaís Passos (5 de 5) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Thaís Passos Salvar imagem em alta resolução


A Câmara de Vereadores de Piracicaba realiza, em Agosto, reunião solene alusiva ao Dia da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha. A iniciativa da vereadora Nancy Thame (PSDB) vem sendo construída através de parcerias com instituições da cidade que trabalham com a temática da mulher, mais especificamente com o recorte de gênero e etnia. São elas que indicarão as homenageadas de 2018.

Foram convidadas a indicar nomes as seguintes instituições: Conselho Municipal da Mulher, Centro de Documentação, Cultura e Política Negra, Conselho da Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba, Sociedade Beneficente 13 de Maio, Casa do Hip Hop de Piracicaba, Pastoral Afro de Piracicaba, Promotoras Legais Populares, Marias de Luta, e Grupo Samba de Lenço “Mestre Antonio Carlos Ferraz.

Instituído em nível municipal pelo Decreto Legislativo 11/2017, de autoria da vereadora, o Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha é um marco internacional da luta e resistência das mulheres negras contra a opressão de gênero, o racismo e a desigualdade socioeconômica. “Os dados disponibilizados por institutos qualificados de pesquisa apontam que a mulher negra trabalha mais, porém com rendimento mínimo, em condições precárias e de informalidade”, justificou Nancy Thame quando da apresentação do Decreto.

Durante a reunião preparatória, a vereadora destacou a importância da temática e das parcerias com as instituições e coletivos da cidade, a parlamentar pontou as dificuldades para as conquistas de projetos que abrangem as políticas públicas para as mulheres. ““Temos pautados as temáticas de forma coletiva, por isso acredito que seja de grande importância trabalhar com diferentes instituições e que discutem com propriedade a questão. Não estou me colocando como protagonista da causa, pois cada um tem um lugar de falar e não posso falar pela mulher negra, contudo o meu gabinete pode oportunizar que as verdadeiras protagonistas tenham vez e voz, espero que na próxima legislatura tenha uma mulher negra ocupando a cadeira no Legislativo”, afirmou.

A assessora chefe do gabinete, historiadora Marilda Soares, que está vice-presidente do Centro de Documentação, Cultura e Política Negra, representou o presidente Aguinaldo Benedito de Oliveira. “É extremamente importante ocupar esses espaços para um posicionamento das políticas afirmativas, destacar o recorte especifico e tratar desse tema com a mesma importância que é dada a outros eventos realizados na Câmara”, salientou.

Nancy afirmou que existem diversas instituições na cidade que trabalham com a temática da religiosidade e cultura negra, mas o que será feito é um abrir o primeiro espaço para formar uma rede com uma abertura maior.

 



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: MulherNancy Thame

Notícias relacionadas