PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE OUTUBRO DE 2018

Matheus Erler pede dados sobre servidores estatutários no município


Requerimento de autoria do parlamentar foi aprovado pela Câmara na 59ª reunião ordinária



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Propositura foi aprovada nesta segunda-feira, na 59ª reunião ordinária



Por meio do requerimento 520/2018, o vereador Matheus Erler (PTB) solicita ao Executivo informações sobre o número de servidores estatutários registrados na administração municipal, de forma direta ou indireta. A propositura foi aprovada na 59ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (8).

Erler diz que a equipe técnica da Semfi (Secretária Municipal de Finanças) está preocupada em relação ao aumento do repasse do Tesouro Municipal ao Ipasp (Instituto de Previdência e Assistência Social dos Funcionários Municipais de Piracicaba).

No dia 22 de agosto, durante audiência pública sobre a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) realizada na Câmara, o secretário de finanças, José Admir de Moraes Leite, informou que o repasse ao Ipasp chegará a R$ 72,8 milhões. O presidente do instituto, Pedro Celso Rizzo, disse que a política de financiamento das aposentadorias e pensões, definida em 2008, está sendo mantida.

Estabelecida pelo Executivo e aprovada pelo Legislativo, a política conta com dois fundos, um de reserva e um de repasse. A prefeitura repassa os valores para pagamento de servidores inativos que trabalharam até 2003, formando assim o fundo de repasse. Já o fundo de reserva é formado pelos servidores que entraram no serviço público e é mantido pelo Ipasp por meio de rendimentos mensais.

Milton Sérgio Bissoli, procurador-geral do município, disse que um novo estudo atuarial foi contratado para que seja realizada uma nova conta sobre o pagamento das aposentadorias e pensões de estatutários. Segundo ele, a previsão para conclusão do estudo é para outubro.

Para que a Câmara possa acompanhar de perto os debates que definirão possíveis mudanças no financiamento do fundo de repasse, o vereador Gilmar Rotta (MDB), presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos da Casa, protocolou a indicação 634/2018 para solicitar o início dos debates sobre o regime próprio de aposentadoria dos servidores municipais.



Texto:  Débora Bontorim Saia
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoMatheus Erler

Notícias relacionadas