PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

23 DE OUTUBRO DE 2018

Maestro Jonson reconhece trajetória de professora de canto


Homenagem é de autoria do vereador Maestro Jonson e foi aprovada nesta segunda-feira



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


A cantora e professora Denise Libardi receberá a moção de aplausos 151/2018 pelos trabalhos relacionados ao campo da cultura musical. A propositura, de autoria do vereador Jonson Saparu de Oliveira, o Maestro Jonson (PSDB), foi aprovada pela Câmara nesta segunda-feira (22), na 63ª reunião ordinária.

Denise iniciou os estudos na música aos 11 anos de idade, em corais e solos na Primeira Igreja Batista de Piracicaba. Com 14 anos, cantou em uma cerimônia de casamento e aos 16 anos, passou a profissionalizar o trabalho, ganhando dinheiro com isso.

Tornou-se professora de Canto aos 22 anos. Estudou em instituições voltadas à prática vocal, dentre elas o Conservatório de Tatuí. Participou de projetos musicais como por exemplo voz guia para a cantora Sandy, ao lado do músico e produtor Marcelo Modesto, e do projeto "Alfasol", da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), voltado à alfabetização de jovens e adultos.

"Professora e cantora por formação, Denise é uma das mais belas vozes do meio musical de nossa cidade, com uma diversidade invejável, indo da música religiosa à música popular brasileira com o mesmo brilhantismo", declarou o vereador.

Atualmente ela é vocalista da banda "LIP7", que atua no mercado de casamentos e cerimônias. Também vem se especializando em Fisiologia Vocal —que consiste na saúde vocal de cantores.

Denise disse acreditar que a música é uma das melhores ferramentas no combate à violência. "A música capacita, alegra e torna os cidadãos conscientes de sua participação e pertencimento na sociedade, independente do estulo musical. A cultura e a arte deveriam ser mais apoiadas e incluídas na educação do país de maneira geral", completou Maestro Jonson.

Proprietária do Estúdio Dicanto, tem 60 alunos inscritos, dos quais 15 são bolsistas. "O amor pela músicae o amor por ensinar são maneiras concretas de nos tornarmos seres humanos melhores. Acredito que o poder da música pode transformar a sociedade", afirmou Denise.

Realiza projetos sociais e beneficentes com visita em asilos e casas de recuperação, por meio de serenatas. Também organiza o "Festival Dicanto" —evento sem fins lucrativos, idealizado com incentivo cultural—, com a proposta, desde 2016, de revelar "vozes incríveis".



Texto:  Lucas Lima
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoJonson Oliveira

Notícias relacionadas