PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

16 DE OUTUBRO DE 2018

Isac Souza fala sobre depressão, papel do professor e etanol do milho


Vereador ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta segunda-feira.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Isac Souza ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta segunda-feira






Ao ocupar a tribuna, nesta segunda-feira (15), durante a 61ª reunião ordinária, o vereador Isac Souza (PTB) chamou a atenção para dados da Organização Mundial da Saúde que apontam que, em 2020, a depressão será a doença mais incapacitante do planeta. "Vai gerar nas pessoas uma dificuldade de relacionamento e atuação profissional, retirando-as da vida ativa, o que é muito preocupante", comentou.

Isac observou que a projeção obriga o município a "realinhar" as ações de prevenção. "Dados da OMS mostram que os casos de depressão cresceram 18% em dez anos. Em 2020, vai ter um impacto muito forte, então é necessário discutir políticas públicas no município que possam auxiliar nesse processo, porque a saúde mental é fundamental para o bom andamento do equilíbrio social e o desenvolvimento profissional das pessoas."

Antes, o vereador, ao refletir sobre o Dia do Professor, comentou que a profissão "passou por mudanças com o tempo, com atribuições que sobrecarregam muito a forma de atuar". "O professor tem a função nobre do ensino, mas muitas outras atribuições lhe caíram no colo: tem que fazer segurança, advogar, ser psicólogo etc. E nem sempre é preparado para isso, sendo que a família, que é a célula-mãe da sociedade, é quem deve de fato ter a função primeira de educar, não o Estado", assinalou.

O parlamentar exaltou, ainda, o investimento da Dedini, já há três anos, em uma destilaria modular para a fabricação de etanol de milho e ração animal. "A produção do etanol de milho é muito mais eficiente que a do de cana de açúcar, além de produzir ração animal. Os números são surpreendentes: uma tonelada de cana resulta em 80 a 90 litros de etanol, enquanto uma de tonelada de milho gera 400 litros de etanol e 280 quilos de ração. É uma diferença enorme", ressaltou Isac.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoIsac Souza

Notícias relacionadas