PIRACICABA, SÁBADO, 21 DE SETEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE JULHO DE 2019

Funcionários da Câmara entregam fraldas geriátricas ao Fundo Social


Arrecadação visa colaborar com o Fundo Social de Solidariedade no atendimento às pessoas que necessitam do produto.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Entrega nesta sexta-feira teve a presença de Sandra Negri, Gilmar Rotta e funcionários da Câmara



Com a primeira etapa de arrecadação concluída, funcionários da Câmara de Vereadores de Piracicaba fizeram, na tarde desta sexta-feira (12), a entrega simbólica de pacotes de fralda geriátrica ao Fussp (Fundo Social de Solidariedade), comandado pela primeira-dama do município, Sandra Negri. O gesto solidário contou com o envolvimento de vereadores, diretores, assessores, servidores efetivos e terceirizados e estagiários.

A demanda por fraldas geriátricas é permanente, segundo Sandra Negri. Somente em 2018, 134 mil unidades foram doadas ao Fussp, que atende cerca de 140 pessoas por mês, com uma fila de espera que chega a 300 nomes cadastrados. "Tudo o que vem está excelente, a gente necessita sempre, não precisa ser só agora. Pode continuar", disse a primeira-dama.

Por isso, o incentivo para que o corpo de funcionários da Câmara colabore com a campanha será constante. Presente na entrega simbólica, o presidente da Casa, Gilmar Rotta (MDB), ressaltou o quanto as doações representam às pessoas que precisam das fraldas e a importância de "sensibilizar a todos sobre este gesto solidário".

Com 31 anos de Câmara, a agente legislativo Monica Faria defendeu o engajamento na campanha. "Sempre penso: 'quem não vive para servir não serve para viver'. Acho que todo mundo tem um propósito e, se não exercermos a solidariedade, não tem muito sentido estarmos aqui, porque o que acumularmos ou fizermos não levaremos para o caixão. Sempre que puder e enquanto tiver saúde, vou fazer pelo próximo", afirmou.

Diretor do Departamento de Relações Públicas e Cerimonial, Luciano Jr. contou que promoveu entre sua equipe uma "vaquinha" para destinar dinheiro à compra das fraldas geriátricas. Ele ponderou que, embora possa parecer pequena para quem a faz, a doação "significa muito para quem recebe". "É uma iniciativa bacana, que deve ser constante, porque de fralda, assim como leite e produtos de higiene pessoal, as pessoas precisam sempre."

O Fundo Social de Solidariedade mantém parcerias com empresas e entidades da cidade, como a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), que colaboram para que as doações de fraldas se mantenham ao longo do ano. Sandra Negri, porém, observa que a demanda pelo produto é crescente.

"Os pedidos só aumentam e partem de pessoas que não têm condições mesmo. Elas vêm com o laudo médico da rede pública apontando a necessidade. A assistente social que vai à casa da pessoa para ver a condição me diz: 'Sandra, não tem como não ajudar'. Existem pessoas que precisam de sete, oito fraldas por dia", comenta a presidente do fundo.

A entrega dos pacotes, que totalizaram 191 fraldas geriátricas dos tamanhos médio, grande e extragrande nesta primeira etapa da campanha na Câmara, foi acompanhada por diretores e funcionários, em ato na sala anexa à da Presidência.



Texto:  Comunicação
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: CâmaraGilmar Rotta

Notícias relacionadas