PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2019 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE MARÇO DE 2019

Crise da água: Wilson Trindade pede demissão do presidente do Semae


"Se até quinta-feira (14), José Rubens não se demitir, entrarei com ação no Ministério Público arrolando o presidente por improbidade administrativa", disse Trindade



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Crise da água: Wilson Trindade pede demissão do presidente do Semae






O ex-funcionário público, que trabalhou na prefeitura municipal de Piracicaba por mais de 40 anos, Wilson João Trindade ocupou a tribuna popular da Câmara, na 10ª reunião ordinária de ontem (11) para falar da crise da água na cidade, que está afetando inúmeras pessoas. 

Trindade discorreu sobre a temática da falta de água como uma desgraça, que está penalizando toda a cidade. "É preciso ter coragem em falar a verdade. A cidade está precisando de gente firme, honesta. Esta situação está gritante. Ficamos até nervoso de ver o sofrimento do povo. O bairro Jupiá ficou sem água por três dias. Tem gente que não tem como tomar banho", disse o orador.

Trindade parabenizou a imprensa local, especialmente o Jornal de Piracicaba e a Gazeta de Piracicaba por falarem a verdade sobre o problema da falta de água. "Nas casas dos milionários nunca vai falta água. Na casa do pobre e do funcionário público está faltando água sim", disse Trindade, que ainda questionou a realização de audiência pública promovida pela Ares PCJ, nas dependências do Museu da Água, em local que cabia apenas 59 pessoas. 

Wilson Trindade cobrou responsabilidade dos vereadores na defesa do povo. E, relatou a falta água na Vila Fátima. Com relação ao presidente do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), José Rubens Françoso, Trindade entende que ele está cometendo crime de improbidade administrativa. "Que presidente que é este?. Tem muita coisa errada. Em 7 anos o Semae repassou 307 milhões à empresa Águas do Mirante. Quem é o dono da Águas do Mirante?", indagou o orador. 

Trindade encerrou suas considerações pedindo mudanças nesta situação. "O povo está cansado, revoltado. É agora ou nunca. Peço por favor, uma solução até quinta-feira. Chega do prefeito mandar em tudo em Piracicaba", concluiu.



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Tribuna Popular

Notícias relacionadas