PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 27 DE JULHO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE MARÇO DE 2017

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público


"O país está sem rumo, à deriva, sem caminho a seguir". Estas e outras considerações foram sustentadas pelo parlamentar em sua primeira participação no "Primeiro Tempo"



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Jéssica Gaise (estagiária) (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público
Foto: Jéssica Gaise (estagiária) (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público
Foto: Jéssica Gaise (estagiária) (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público
Foto: Jéssica Gaise (estagiária) Salvar imagem em alta resolução

Vereador Padovan avalia momento político e defende servidor público




O vereador Antonio Domingos Padovan, o Sargento Padovan (PR), na última quinta-feira (23) concedeu entrevista ao jornalista Martim Vieira, no programa "Primeiro Tempo", da TV Câmara de Piracicaba, onde avaliou o momento político brasileiro, além de fazer considerações sobre a mobilização do funcionalismo municipal frente ao anúncio do prefeito Barjas Negri (PSDB) de aumento zero aos servidores.

Integrante do Partido da República, com 911 votos nas últimas eleições, o parlamentar ocupa por 30 dias a vaga do vereador Laércio Trevisan Júnior. Padovan falou um pouco de sua trajetória política e o que representa ocupar uma cadeira na Câmara para defender a população.

O parlamentar também reconheceu que hoje o povo está nas ruas, exigindo seus direitos e cobrando responsabilidades dos políticos. Também verifica que a situação não é diferente em Piracicaba. "O país está à deriva, não se sabe o caminho a seguir, à cada dia são notícias que chegam, de corrupção, acharques, roubalheiras, enfim, está uma vergonha", disse o parlamentar ao comentar sobre a situação nacional.

Ao avaliar a conjuntura local, o parlamentar observa que houve aumento na conta do IPTU, do Semae, sendo que por outro lado a cidade se destaca no cenário nacional, o que coloca em evidência o trabalho do sevidor público. "Sou contra o não reajuste dos servidores públicos", enfatizou o vereador ao considerar que o reajuste é uma questão de justiça.

Padovan também citou uma frase célebre: "Quando quem comanda perde a vergonha, quem obedece perde o respeito" e, lamentou que poderemos caminhar para isso em Piracicaba se não prestarmos mais atenção aos nossos servidores, pois são eles que fazem as coisas acontecerem. 

"A pessoa, quando é socorrida, é atendida pelo enfermeiro, que é um servidor público. Quem dirige a ambulância é servidor público. Quem varre as ruas e capina, também são servidores. Quem move este país é servidor. Temos que valorizar e não cortar a cabeça. Temos que estar ao lado deles. Continuo sendo servidor, sou filho desta Casa. Meus pais, meus avós estão enterrados nestas terras piracicabanas. Nasci aqui e pretendo morrer aqui nesta cidade", concluiu o parlamentar.  



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas