PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

02 DE OUTUBRO DE 2017

Pluralidade de representações marca o lançamento da Cartilha do Idoso


Abrindo a programação da Semana do Idoso, atividade aconteceu na manhã desta segunda-feira, na Câmara.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (13 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (14 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (15 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (16 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (17 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (18 de 18) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Cerca de 30 representantes de diferentes entidades da cidade acompanharam o lançamento da Cartilha do Idoso na manhã desta segunda-feira (3), na Câmara. A iniciativa do presidente da Casa, Matheus Erler (PTB), marcou a abertura da Semana do Idoso e debateu a necessidade de políticas públicas para a terceira idade.

Com o objetivo de sanar dúvidas e garantir a proteção do idoso, o material foi criado para levar informação de forma rápida e dinâmica. "A cartilha reúne os principais direitos da terceira idade e explica de que forma o Estatuto do Idoso assegura a saúde física, mental, social e moral dos idosos brasileiros. Sua criação foi idealizada pelos profissionais do gabinete e impressa com recursos próprios", explicou Erler.

Segundo o idealizador da cartilha, 2.500 unidades vão ser distribuídas à Prefeitura, a Conselhos Municipais e a entidades de assistência ao idoso.

Presente no evento, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Eliete Nunes, comentou sobre as atividades da pasta e relatou a dificuldade de trabalhar com a assistência social desde o corte de gastos feito pelo governo federal.

"A secretaria desenvolve diversas ações para os idosos. É uma área de que eu, particularmente, gosto muito. Idosos e crianças sempre precisam da atenção do Poder Público. Aqui em Piracicaba temos o Centro Dia, que é popularmente conhecido como "Creche do Idoso", já que os filhos deixam os pais no centro para trabalharem e voltam para buscá-los após o expediente. Uma forma de mantermos o convívio social que é tão importante na terceira idade", enfatizou.

Atendendo ao pedido da secretária, o presidente da Câmara e os vereadores Gilmar Rotta (PMDB), Paulo Campos (PSD), Osvaldo Schiavolin (PSDB), André Bandeira (PSDB) e Wagner de Oliveira (PHS) protocolaram moção de apelo ao governo federal para que sejam revistos os cortes no orçamento da Secretaria Nacional de Assistência Social para 2018 ––a propositura foi aprovada em caráter de urgência na noite desta segunda-feira (3), na 56ª reunião ordinária.

Para o representante da Casa Bonsai-Recanto do Idoso, Clóvis Misawa, é necessário que a população faça sua parte e respeite as leis que garantem assistência e proteção aos idosos. "Iniciativas de divulgação dos direitos da terceira idade são fundamentais, porém é necessário que a população também faça sua parte e respeite os nossos idosos", comentou.

Um dos maiores exemplos da importância da ação da comunidade para a construção de políticas públicas são os conselhos municipais, que trabalham de forma voluntária na fiscalização do Poder Público e na criação de iniciativas. Para a presidente do Conselho do Idoso, Inês Machado, a luta é árdua e diária. "O Estatuto do Idoso só virou lei após a repercussão de uma novela e pressão de pessoas que lutam pela causa. Precisamos sempre do apoio do Poder Público para construir uma sociedade mais justa", defendeu.



Texto:  Assessoria parlamentar
Revisão:  Redação


Tópicos: CidadaniaMatheus Erler

Notícias relacionadas