PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE MARÇO DE 2018

Kawai visita entidades que receberão repasses do Fumdeca


Casa Amor Fraterno tem oficinas com atividades socioeducativas e Crami oferece tratamento psicológico para jovens vítimas de violência sexual.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami
Foto: Thaís Passos (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami
Foto: Thaís Passos (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami
Foto: Thaís Passos (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno
Foto: Thaís Passos (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno
Foto: Thaís Passos (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno

Pedro Kawai conheceu atividades que receberão recursos do Fumdeca, na Casa Amor Fraterno
Foto: Thaís Passos Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai foi recebido pela coordenadora-geral e psicólogos no Crami


Em continuação à série de visitas às entidades que receberão recursos do Fumdeca (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) para desenvolvimento de projetos, o vereador Pedro Kawai (PSDB) visitou, nesta terça-feira (13), a Casa Amor Fraterno e o Crami (Centro de Registro e Atenção aos Maus-Tratos na Infância) para destacar o trabalho das instituições.

Situada na rua João Zilio, 290, no bairro Novo Horizonte, a Casa Amor Fraterno oferece atividades socioeducativas para crianças, adolescentes e adultos em situação de vulnerabilidade social, por meio de oficinas. São ao todo 288 pessoas atendidas pela entidade, das quais 50 são em razão de programas financiados por recursos do Fumdeca.

"Com o repasse, desenvolvemos as oficinas de hip-hop, desenho e dança rítmica", citou a assistente social Rosemeire Aparecida de Oliveira. "Essas atividades ficam restritas às crianças e aos adolescentes, mas ainda temos outras atividades aqui, como a costura, por exemplo, que tem uma senhora de mais de 60 anos como aluna", comentou.

Com sede na rua Floriano Peixoto, 1.063, no Centro, o Crami teve dois projetos aprovados, mas somente o de acompanhamento psicológico de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual receberá recursos do Fumdeca. No ano passado, a previsão inicial de atendimentos, de 50 pessoas, foi superada e o projeto alcançou um total de 81 crianças e adolescentes.

"O projeto contempla jovens de 3 a 17 anos que são encaminhados pelo Creas [Centro de Referência Especializado de Assistência Social] ou pelo serviço complementar do Paefi [Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos] para trabalhar o psicológico desse tipo de violência", explica o psicólogo Nivaldo Guidolin, ao acrescentar que, primeiro, é feita a triagem para depois ter início o tratamento, que é planejado para começar em fevereiro e encerrar-se em dezembro.

O outro projeto, que não receberá recursos, é o "Informar para prevenir". "Desenvolvemos ações preventivas e palestras sobre o tema. O número de casos de violência subnotificados é imenso", relatou a coordenadora-geral da entidade, Maria Hilma de Oliveira Ganzella.

Em 2017, cerca de três mil pessoas foram alcançadas com o projeto, das quais 34 foram identificadas como vítimas de violência sexual. "A demanda de psicose grave é muito alta; no próximo ano, pretendemos apresentar novamente esse projeto", ressaltou.

FUMDECA - Administrado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que direciona as verbas do fundo para as instituições beneficiadas, o Fumdeca é um recurso criado para promover ações que garantam os direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

É composto por recursos arrecadados por meio do Imposto de Renda, sendo até 6% do imposto devido de pessoas físicas —desde que façam a declaração no formulário completo— e pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real (até 1% do Imposto de Renda devido).



Texto:  Lucas Lima
Supervisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Tópicos: CidadaniaPedro Kawai

Notícias relacionadas