PIRACICABA, DOMINGO, 25 DE FEVEREIRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE FEVEREIRO DE 2018

Exposição com fotos em preto e branco busca traduzir o 'sentir-se só'


Ensaio produzido por Felipe Valim e Amanda Franzoi pode ser conferido até o dia 26 no hall do prédio principal da Câmara, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Imagem produzida por Valim em São Paulo, no ano passado, e trabalhos de fotógrafa norte-americana inspiraram ensaio


Pode ser em um calçadão no Centro de São Paulo, em meio à multidão de distintas origens. Mas pode ser também no vazio de um antigo hospital psiquiátrico, do qual só restaram marcas nas paredes. Para sentir-se só, condição primeira do ser humano, não é necessário estar sozinho. E um ensaio de 17 fotos, expostas até o próximo dia 26 no hall de entrada do prédio principal da Câmara, vem comprovar isso.

Batizada de "Invertido", a mostra reúne imagens produzidas pelos fotógrafos Felipe Valim, autor de dez delas, e Amanda Franzoi, que fez sete.

"A ideia do ensaio surgiu a partir de uma imagem que produzi em agosto do ano passado, em São Paulo. Ela é a capa do projeto e tem um significado muito grande de motivação e superação para mim. Eu me considero uma pessoa extremamente sensível e o tema 'solidão', no projeto, tem muito a ver com essa sensibilidade e com aspectos emocionais com os quais, acredito, todo mundo já tenha se identificado alguma vez na vida", explica Valim.

"Esses sentimentos, expressos pelo indivíduo ou não, fazem parte da gente e, muitas vezes, nos levam à busca do nosso mundo 'invertido', expressão que utilizo para o momento de percepção e reflexão que cada um possui e que acontece de maneira diferente para cada um: pode ser em meio à multidão ou em um ambiente totalmente inabitado", completa o fotógrafo.

Impressas em preto e branco, as imagens são resultado de uma técnica em que a câmera, com o obturador em baixa velocidade e o grau de luminosidade controlado, capta movimentos do objeto fotografado, o que, em alguns casos, gera traços borrados, não nítidos ––justamente a tensão que Valim e Amanda querem transmitir ao público.

"A escolha da técnica foi exatamente por conta da primeira foto que realizei. A câmera estava com os ajustes de baixa velocidade, e a modelo, em movimento, o que deu o efeito de desfoque no primeiro plano. Essa técnica tem muita relação com a fotógrafa norte-americana Francesca Woodman, nossa outra inspiração para o projeto", diz Valim.

"Como todas as fotos seguem o padrão da baixa velocidade, ficando não tão nítidas como geralmente é o padrão, elas causam esse desconforto, ao dar sempre a impressão de que a pessoa ali fotografada está em fuga, tentando sair de alguma forma desse mundo preto e branco", comenta Amanda. "O preto e o branco extraem a vida da fotografia e criam um ambiente mais sombrio e intimista para ela. Se fosse colorida, a foto seria totalmente diferente, trazendo outras sensações", compara Valim.

BASTIDORES - As 17 imagens exibem pessoas de diferentes áreas ––de atriz a modelo profissional, de professora de inglês a designer de moda–– em locações igualmente variadas, que incluem o horto florestal de Tupi, uma praia no Uruguai e a avenida Paulista, em São Paulo, além de igreja, cemitério e estúdio. Valim e Amanda também integram o ensaio, com auto-retratos.

A produção das fotos foi precedida por uma conversa com os modelos. "Perguntamos como se sentiam em relação ao tema que queríamos abordar e com qual parte se identificavam mais: eles facilmente se abriram e contaram experiências e sentimentos. Depois, explicamos que queríamos retratar esse sentimento por meio da foto e pedimos para os modelos ficarem livres para expressá-lo, sempre em movimento, em meio à multidão ou no seu próprio mundo", conta Amanda.

A fotógrafa acredita que o ensaio despertará reflexões no público. "Talvez um incômodo, um questionamento ou apenas um sentimento. Uma fotografia para mim pode representar a dor, e para outra pessoa, a solidão. Cada imagem remete inconscientemente a um ponto sobre você que você mesmo, às vezes, desconhece", conclui.

SERVIÇO - Exposição "Invertido", com 17 fotos produzidas por Felipe Valim e Amanda Franzoi. No hall de entrada do prédio principal da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Até 26 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Entrada gratuita.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Tópicos: Exposição

Notícias relacionadas