PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

05 DE DEZEMBRO DE 2018

Em terceiro vídeo, série destaca histórias de deficientes intelectuais


#PiraInclusiva é uma produção do Departamento de Comunicação para marcar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 11) Salvar imagem em alta resolução

A Apae atende pessoas com deficiência intelectual ou múltipla

A Apae atende pessoas com deficiência intelectual ou múltipla
Foto: Thaís Passos (2 de 11) Salvar imagem em alta resolução

Vânia Cristina conta que gostaria muito de aprender a escrever

Vânia Cristina conta que gostaria muito de aprender a escrever
Foto: Thaís Passos (3 de 11) Salvar imagem em alta resolução

Fabiana Lombardi, aluna da Apae

Fabiana Lombardi, aluna da Apae
Foto: Thaís Passos (4 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (5 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (6 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (7 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (8 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (9 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (10 de 11) Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos
Foto: Thaís Passos (11 de 11) Salvar imagem em alta resolução

Professor de música da Apae, Ruben Jorge Vera Vargas

Professor de música da Apae, Ruben Jorge Vera Vargas
Foto: Thaís Passos Salvar imagem em alta resolução

As aulas de capoeira é uma das atividades que a Apae proporciona aos alunos



“Nós somos lindos? ”, perguntou uma das alunas da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) à equipe do Departamento de Comunicação da Câmara. Depois de receber um uníssono “maravilhosos” em resposta, ela sorri e diz: “mais do que vocês imaginam”.

A câmera ainda estava desligada nesta cena, mas a pureza e a essência das pessoas com deficiência intelectual está registrada no terceiro vídeo da série #PiraInclusiva, que vai ao ar na página da Câmara no Facebook nesta quarta-feira (5). O trabalho é uma parceria entre o gabinete do vereador André Bandeira (PSDB) e o Departamento de Comunicação da Câmara, para marcar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, lembrado em 3 de dezembro.

O vídeo traz depoimentos das alunas da Apae, Fabiana Lombardi e Vânia Cristina Sanches, das mães Bruna Rafaela Brande Ferraz de Camargo e Joseane Gusmão da Silva, dos professores Kelly Cristina Aguiar e Ruben Jorge Vera Vargas, e da coordenadora da instituição, Nilva Mara Botezeli de Toledo. Cada um deles compartilha suas dificuldades, conquistas, trajetória e sonhos.

Segundo Nilva, o espaço atende cerca de 350 alunos – com deficiência intelectual ou múltipla – por dia, na faixa etária dos seis a aproximadamente 28 anos de idade. “A gente aprende com eles muita coisa. Não só ensina, mas também aprende”, comenta a coordenadora.

No vídeo, há os depoimentos de Joseane, mãe de uma criança com autismo, que conta como foi o processo de aceitação ao descobrir a síndrome, e de Bruna, mãe de Maria Clara, que fala sobre a síndrome de Rett. “Ela que me dá força”, diz Bruna, sobre a filha.

PRODUÇÃO – Os episódios da série foram produzidos e idealizados pelos estagiários de jornalismo Débora Bontorim, Fernanda Rizzi, Lucas Lima e Thais Passos, sob orientação da diretora do Departamento de Comunicação, Valéria Rodrigues.

A captação e edição de imagens foi realizada pelo estagiário de cinema e audiovisual, Thales Charbel, com o apoio do repórter cinematográfico da Casa, Gustavo Annunciato, e da estagiária de vídeo Nathalia Zambrim, da TV Câmara.

Os demais vídeos têm como foco os deficientes auditivos, na segunda-feira (10), e nas melhorias conquistadas em acessibilidade na cidade, assim como a opinião dos entrevistados sobre o que ainda pode ser aprimorado, na terça-feira (11).

A série já divulgou episódios sobre os deficientes visuais e sobre os deficientes físicos. O conteúdo está disponível na página do Facebook  da Câmara e segue no Instagram Pira Inclusiva, que traz trechos dos vídeos e outros destaques sobre o assunto.

Assista ao vídeo completo pelo Youtube do Departamento de Comunicação da Câmara



Texto:  Débora Bontorim Saia
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: Fórum Pessoa com DeficiênciaAndré Bandeira

Notícias relacionadas