PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE NOVEMBRO DE 2018

Coronel Adriana questiona problemas de vazamento na cidade


Semae investe, desde 2015, R$19,4 milhões no plano de combate às perdas de água



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Entre junho e agosto, a vereadora recebeu 20 pedidos de vazamento de água em 8 bairros



Por meio do requerimento 575/2018, aprovado pela Câmara na reunião ordinária desta segunda-feira (12), a vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), solicita informações sobre problemas constantes de vazamento de água em diversos bairros.

No texto da propositura, a parlamentar ressalta que o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) investe, desde 2015, R$19,4 milhões no plano de combate às perdas de água e que na LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2018 foram programados R$ 5.329.380 para a mesma finalidade. Apesar disso, as perdas chegam a 48% do volume total da água captada e tratada pelo município, número que corresponde a 30,7 bilhões de litros por ano.

Segundo Coronel Adriana, entre junho e agosto de 2018, 20 pedidos de conserto de vazamento de água deram entrada em seu gabinete. As reivindicações partiram de moradores dos bairros Santa Rosa, Vila Cristina, Jardim São Paulo, Pauliceia, Nova Piracicaba, Nova Iguaçu, Vila Sônia e Água Branca.

O bairro Santa Rosa já registra um mês de vazamento na rua José Pires de Godoy, enquanto no Jardim São Paulo o problema é na travessa Particular. Neste caso, foram três consertos, sem, no entanto, solução definitiva. Em outra rua, a das Azaleias, no Nova Piracicaba, também houve manutenção, mas o vazamento voltou no mesmo dia.

A vereadora quer saber quanto foi gasto com consertos de vazamentos de 2016 até agora, quais os motivos destes problemas e se já foram realizados estudos para verificar as causas. Coronel Adriana também questiona se houve redução na porcentagem de perdas de água no município e qual a participação da Ares PCJ no Plano Diretor de Perdas Físicas de Água.

Sobre o Plano Diretor de Perdas Físicas de Água, a parlamentar cita duas concorrências abertas em fevereiro deste ano, para o Macro setor 5 e para o Macro setor 6. Ela quer saber como está a implantação nos setores, quais os valores dos contratos e em quais pontos dos dois macro setores já foram realizados os serviços.



Texto:  Débora Bontorim Saia
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoAdriana Nunes

Notícias relacionadas