PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

05 DE DEZEMBRO DE 2018

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão


Conversas acontecem ao vivo pela TV Câmara e são disponibilizadas nos demais meios de divulgação eletrônica da Casa de Leis, incluindo a página do vereador na Internet



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 5) Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão
Foto: Thaís Passos (2 de 5) Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão
Foto: Thaís Passos (3 de 5) Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão
Foto: Thaís Passos (4 de 5) Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão
Foto: Thaís Passos (5 de 5) Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão
Foto: Thaís Passos Salvar imagem em alta resolução

André Bandeira comanda ciclo de conversas na Semana da Inclusão



O segundo secretário da Câmara de Vereadores de Piracicaba, André Bandeira (PSDB), na manhã desta quarta-feira (5) comandou mais um ciclo de conversas com pessoas que estão diretamente afetadas pelo universo da deficiência.
 
O evento acontece na Câmara, de 3 a 6 de dezembro e, faz parte do Fórum Municipal Permanente da Pessoa com Deficiência, na Semana da Inclusão, bem como marca do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, lembrado em 3 de dezembro.
 
As conversas acontecem ao vivo pela TV Câmara e, já teve a participação de Denise de Cássia Lourenço, da Apaspi (Associação dos Pais Amigos Surdos de Piracicaba), Daniel Mazuhira, técnico do Basquete em Cadeira de Rodas da Associação dos Amigos e Paradesportistas de Piracicaba.
 
Na manhã desta quarta-feira (5), o vereador André Bandeira conversou com Regiane Momesso, mãe de uma criança com deficiência, Lavínia Momesso, 5 anos, acometida de Mielomeningocele (má formação da coluna vertebral), e Neto Guidotti, psicólogo e amputado das duas pernas devido a problemas de Diabetes.
 
Para sexta-feira (6), às 9h, a conversa de André Bandeira será com Andrea Almeida, da Avistar (Associação de Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual de Piracicaba).
 
As conversas acontecem no Salão Nobre Helly de Campos Melges, na Câmara (rua Alferes José Caetano, 834, Centro) e podem ser assistidas nos canais 60.4 da TV digital, 8 da NET e 9 da Vivo Fibra e pelos perfis da Câmara no Facebook e YouTube.

As ações do Fórum da Pessoa com Deficiência são regulamentadas na Câmara por meio do decreto legislativo 8/2006, publicado após aprovação de propositura de autoria de André Bandeira, que destaca a importância de se promover maior compreensão dos assuntos ligados à deficiência e mobilizar a defesa da dignidade, dos diretos e o bem-estar das pessoas.
 
Na manhã desta quarta-feira, o próprio parlamentar também abordou a sua condição de cadeirante, desde os 21 anos, em decorrência de incidente de carro, que o deixou tetraplégico. Além de considerar a importâncica de conscientização sobre campanhas permanentes para abordar esta séria problemática, envolvendo o trânsito, que anualmente causa mais de 43 mil mortes no Brasil. 
 
Regiane falou da condição de ser mãe especial e, que soube do diagnóstico de sua filha na 19ª semana de gestação, sendo que procura incentivar Lavínia a ser independente e vencer os desafios a que o preconceito e a vida possam lhe colocar nos caminhos. Regiane também ressaltou a importância do compartilhamento, a exemplo de grupo de mães. Também anunciou para o ano de 2019 a disposição de esforços junto às escolas, em trabalhos de conscientização sobre a importância da inclusão. 
 
Neto Guidotti discorreu sobre a sua trajetória de vida, em decorrência de problemas com o Diabetes, o que lhe custou a amputação das duas pernas e, de todo um aprendizado para continuar a luta, o que também inclui sua carreira profissional, na condição de Psicólogo e do ciclo de palestras onde procura lutar por uma sociedade mais justa e inclusiva. E, reiterou uma mensagem de otimismo, onde não há que se pensar no que se perdeu e sim focar no que sobrou. 
 
 


Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Fórum Pessoa com DeficiênciaAndré Bandeira

Notícias relacionadas