PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 15 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

04 DE OUTUBRO DE 2019

Gilmar Rotta articula repasse federal de R$ 1,8 milhões para saúde


Verba foi conquistada após visita do presidente da Câmara, vereador Gilmar Rotta (MDB) à Brasília, em setembro deste ano.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Mandetta (segundo da esq. para dir.) recebeu a comitiva, em Brasília, em setembro.

Mandetta (segundo da esq. para dir.) recebeu a comitiva, em Brasília, em setembro.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Gilmar Rotta (MDB) anunciou a liberação do repasse na reunião desta quinta-feira (3)

Gilmar Rotta (MDB) anunciou a liberação do repasse na reunião desta quinta-feira (3)
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Mandetta (segundo da esq. para dir.) recebeu a comitiva, em Brasília, em setembro.






O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (2) a ampliação, em R$ 1.872.000,00 milhão, no repasse anual para o PAD (Programa de Atenção Domiciliar) em Piracicaba, serviço de atendimento nas residências a pacientes com impossibilidade de locomoção e deslocamento. 

Publicado no Diário Oficial da União, o aumento da verba é resultado de articulação do vereador Gilmar Rotta (MDB), presidente da Câmara, que, no mês passado, viajou à Brasília, para buscar recursos para a área da saúde do sistema público, quando foi recebido pelo ministro Luiz Henrique Mandetta. Na ocasião, também estiveram o prefeito Barjas Negri (PSDB) e o secretário municipal de Saúde, Pedro Mello. 

“A vantagem deste recurso é que ele se incorpora na verba federal que vem para Piracicaba todos os anos, não é simplesmente uma vez, é por tempo indefinido”, explicou Rotta, que há dois anos atua na busca por soluções como o aumento do teto do SUS (Sistema Único de Saúde) para a cidade, atingindo já dois aumentos, num total de R$ 20 milhões. 

“Recebemos a ligação de Brasília e fomos informados de que já tinha sido publicada a destinação desse recurso ao PAD. Esse é um grande avanço para o município. Mostra que Piracicaba está no radar do Ministério da Saúde”, afirmou. Neste ano, o parlamentar já esteve duas vezes na capital federal para solicitar repasse de recursos ao município. “É mais uma vitória nossa e quem ganha é a população”, enfatizou. 

“O envelhecimento populacional vai requerer mais e mais atenção aos idosos, em especial aos acamados, que podem ficar com a própria família, mas necessitam desse suporte de saúde por parte do SUS. O PAD tem prestado excelente trabalho a esse público, que agora poderá ser aprimorado”, disse o prefeito Barjas Negri (PSDB). 

O secretário de Saúde, Pedro Mello, destacou a importância do aumento dos recursos. “Agora podemos contratar novos profissionais, ampliar a estrutura logística e qualificar ainda mais o trabalho que já vínhamos desenvolvendo. Será uma melhora gradativa para beneficiar toda a população”, disse. 

De acordo com a Portaria 2.602, publicada no D.O.U., fica estabelecido recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, no montante de R$: 1.872.000,00, a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do Estado de São Paulo e do Município de Piracicaba. 

O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas para a transferência, regular e automática, do montante estabelecido ao Fundo Municipal de Piracicaba, em parcelas mensais, mediante processo autorizado e encaminhado pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde. 

O recurso tem como finalidade o custeio de quaisquer ações e serviços de média e alta complexidade para atenção à saúde da população, desde que garantida a manutenção da unidade. Os recursos orçamentários correrão por conta do orçamento do Ministério da Saúde. 

Na 56a reunião ordinária, nesta quinta-feira (3), Gilmar Rotta tratou do assunto. “É uma conquista desta Câmara, do trabalho de todos nós, vereadores, e quero agradecer o deputado federal Gilberto Nascimento (PSC), que possibilitou a audiência com o ministro da Saúde, assim como estendo os agradecimentos ao prefeito e ao secretário”, disse. 

O vereador salientou, ainda, que manterá contato com o Ministério da Saúde para buscar outras melhorias ao Município. “Ainda nos resta duas ou três reivindicações que deixamos protocolados”, destacou.



Texto:  Raquel Soares
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: SaúdeGilmar Rotta

Notícias relacionadas