PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

07 DE FEVEREIRO DE 2018

Frente Pró-Saúde retoma ações e recebe secretário de saúde


Grupo integrado por vereadores de Piracicaba e região se encontrará com Pedro Mello na tarde desta quinta-feira (8)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Em dezembro, a Frente Pró-Saúde se reuniu com Hamilton Bonilha, diretor do DRS-X



A Frente Regional Pró-Saúde retoma as atividades em reunião com o secretário municipal Pedro Mello de Piracicaba na tarde desta quinta-feira (8), a partir das 14h, na Sala B – Walter Ferreira da Silva, no 2ºAndar do Prédio Anexo da Câmara de Vereadores de Piracicaba. O último encontro do coletivo ocorreu em dezembro, quando os parlamentares se reuniram com o diretor da DRS-X, Hamilton Bonilha

Na pauta do encontro, está o detalhamento do funcionamento da Central Reguladora de Vagas, órgão que define o uso dos leitos públicos na cidade, assim como a gestão compartilhada do SUS (Sistema Único de Saúde) e o Hospital Regional, que tem previsão para iniciar o atendimento em março, conforme anúncio do governador Geraldo Alckmin na assinatura do contrato de gestão com a Unicamp. 

Desde o lançamento da Frente Regional Pró-Saúde, em outubro do ano passado, os vereadores intensificaram o pedido de informações e detalhamento da gestão do setor não apenas em Piracicaba, mas também como funciona a atuação junto a outras cidades, já que a Diretoria Regional de Saúde (DRS-X) atende 26 municípios, o que coloca a estrutura de leitos à disposição de uma população estimada em 1,5 milhão de habitantes. 

Na 69a reunião ordinária de 2017, em 27 de novembro, a Câmara aprovou o requerimento 778, protocolado em regime de urgência, para buscar mais informações sobre o contrato da Prefeitura com os hospitais Santa Casa e Fornecedores de Cana (HFC). Também questiona quais os municípios têm direitos aos procedimentos custeados pelo SUS na cidade. 

A Câmara de Vereadores de Piracicaba também contribuiu com recursos ao financiamento da saúde, já que, para 2018, receberá R$ 10 milhões a menos, para que estes recursos sejam investidos no setor de maior carência. A decisão foi tomada pela Mesa Diretora e marca economia realizada no Legislativo piracicabano. 

Dentre os vereadores de Piracicaba, integram a Frente André Bandeira (PSDB); Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS); Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB); Gilmar Rotta (PMDB); Laércio Trevisan Jr. (PR); Lair Braga (SD); Ronaldo Moschini (PPS); Paulo Serra (PPS); Paulo Campos (PSD); Pedro Kawai (PSDB) e Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS).



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Saúde

Notícias relacionadas