PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE SETEMBRO DE 2018

Erosão e sujeira preocupam moradores do Novo Horizonte


Moradores do bairro chamaram o vereador Dirceu Alves da Silva (SD) para mostrar a erosão que se formou dez metros abaixo do Centro Comunitário. Sujeira também preocupa



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Dona "Dinda" mostrando ao vereador Dirceu Alves os problemas da área localizada dez metros abaixo do Centro Comunitário do Novo Horizonte

Dona "Dinda" mostrando ao vereador Dirceu Alves os problemas da área localizada dez metros abaixo do Centro Comunitário do Novo Horizonte
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Erosão ameaça muro do Centro Comunitário

Erosão ameaça muro do Centro Comunitário
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Sujeira

Sujeira
Foto: Assessoria parlamentar (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Segundo as donas de casa que acompanharam o parlamentar, este buraco foi aberto pela empresa que está construindo casas populares na região

Segundo as donas de casa que acompanharam o parlamentar, este buraco foi aberto pela empresa que está construindo casas populares na região
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Dona "Dinda" mostrando ao vereador Dirceu Alves os problemas da área localizada dez metros abaixo do Centro Comunitário do Novo Horizonte






Para quem olha, de fora, para o Centro Comunitário do Novo Horizonte aparentemente não vê nenhum problema. Aparentemente! Ao final da área de lazer, bem rente ao muro de concreto, existe um barranco de aproximadamente 10 metros de altura, que torna-se uma aventura descer o morro. O vereador Dirceu Alves da Silva (SD) foi ao local para constatar a degradação do local, que já serviu de “batismo evangélico” conforme conta a líder comunitária Maria Aparecida de Souza, conhecida no bairro como Dinda. “Há quatro anos estamos solicitando providências da Prefeitura para realizar a limpeza”, explica.

A reportagem da TV Câmara/Comunicação deparou-se com garrafas pet, sacos e embalagens plásticas de vários tamanhos, além de pneus velhos, um fator predominante para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. No mesmo espaço há uma galeria que despeja o lixo, já que é improvável a permanência de moradores na área por ser de difícil acesso.

Outro problema visível é a erosão formada, que poderá derrubar o muro do Centro Comunitário caso não haja uma intervenção do poder público.

Moradora há mais de 45 anos no Novo Horizonte dona Glaucineide da Silva disse ao parlamentar que o bairro “regrediu”. Segundo ela, teve prefeito que fez muitas obras no local, “mas, hoje, está esquecido”.

Outra situação grave constatada pelo vereador é um buraco de quase três metros de profundidade que foi aberto por uma empresa que está construindo casas populares na região. “Eles vieram aqui e fizeram esse buraco para passar a rede de esgoto. E se uma criança cair aqui?”, questiona as donas de casa. O local está tampado com apenas dois pedaços de madeira.

Dirceu Alves comprometeu-se com os moradores a agendar reunião com o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, para cobrar providências. “Um dos problemas que estamos enfrentando é a falta de resposta por parte da Administração. Mas vamos continuar cobrando, é a nossa função”, concluiu Silva.



Texto:  Marcelo Bandeira - MTB 33.121
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  Paulo Soares - MTB 62.602
Reportagem de TV:  Marcelo Bandeira - MTB 33.121
Edição de TV:  Paulo Soares - MTB 62.602


Tópicos: CâmaraDirceu Alves

Notícias relacionadas