PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 26 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE FEVEREIRO DE 2019

Elson de Belém recebe voto de congratulações de Pedro Kawai


Artista recebeu prêmio Destaque na Rádio Cotia, no ano passado



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Entrega de homenagem ocorreu na noite desta quinta-feira



Radicado há 10 anos em Piracicaba, Elson Ferreira Viana se tornou conhecido na cidade pela criação de personagens que rementem ao seu estado de origem, o Pará. Não é por acaso que carinhosamente recebeu o nome artístico de Elson de Belém. Recentemente premiado na sétima edição da Rádio Cotia, o locutor, produtor cultural, diretor teatral e técnico em artes cênicas teve seu trabalho enaltecido também pelo vereador Pedro Kawai (PSDB), vice-presidente da Câmara.

Elson de Belém se especializou em contar histórias sobre as lendas amazônicas, criou o programa de rádio CultSocial, na Rádio Pira, e apresentou o programa Recanto do Nordeste, na Rádio Difusora de Piracicaba. Como ator performático, criou as personagens Xérozinho, Vania Latanza, Drizza Talitá, Teroca e Fiofhó de Belém - A Caboclinha dos Igarapés (que faz alusão à cantora Fafá de Belém).

A premisão da Rádio Cotia ocorreu em dezembro do ano passado, na Casa dos Artistas “Biroska”, em Santa Cecília (SP), na categoria Artista em Destaque. Já o voto de congratulações da Câmara foi entregue nesta quinta-feira (7), na sala da presidência, antes da 2ª reunião ordinária.

Segundo Elson, Kawai foi uma das primeiras pessoas a lhe abrir portas em Piracicaba, quando o parlamentar atuava como diretor da Estação da Paulista, pela então Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), hoje Semactur. "Cheguei de Belém sem conhecer ninguém na cidade. Na minha trajetória, levei mais 'nãos' do que 'sim', mas sem os 'nãos' jamais chegaria aqui", disse o homenageado.

Elson relembrou que em 1982, ainda adolescente, a Caravana do Chacrinha esteve em sua cidade. Ele decidiu se arriscar e cantou a música Leão Ferido, de Biafra. "Na vida se perde e se ganha. O que mais me chamou atenção naquele dia foi o Chacrinha dizer: 'você não canta nada, vai voltar para a casa e não tem direito ao Troféu Abacaxi", recordou. "É por causa do primeiro 'não' do Chacrinha que estou aqui. Na vida a gente precisa de empurrões", completou.

Para Kawai, o trabalho de Elson se tornou conhecido em toda a cidade, justamente pela qualidade do artista e sua alegria contagiante. "Decidi prestar esta homenagem porque sei da tarefa árdua que é viver de cultura no Brasil e sei também do quanto a cultura é fundamental para o crescimento e desenvolvimento das pessoas. Elson é um artista dotado de muito talento, que leva o nome de Piracicaba para vários lugares e que não esquece os seu laços", avaliou o parlamentar.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: HomenagemPedro Kawai

Notícias relacionadas