PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

22 DE MARÇO DE 2019

Comissão de Estudos do Semae: entenda a tramitação e votação


Projeto de resolução 3/2019 está na Pauta da Ordem do Dia da 14ª reunião ordinária, na segunda-feira (25)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Projeto de resolução 3/2019 será votado nesta segunda-feira (25)






Protocolado pelo vereador Laércio Trevisan Jr. (PR) no dia 28 de janeiro, o projeto de resolução 3/2019 propõe a instalação da Comissão de Estudos do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), assunto que, desde o início do ano, está em evidência por conta das constantes críticas da população à falta de água na cidade e a contas incorretas que estão sendo enviadas aos contribuintes. 

Por determinação do presidente da Mesa Diretora, Gilmar Rotta (MDB), o PR está na Pauta da Ordem do Dia da 14ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (25). Desde 4 de fevereiro, quando a propositura deu entrada na Casa de Leis, ainda na 1ª reunião ordinária, ela já passou por três comissões permanentes e, mais recentemente, recebeu um substitutivo. 

No dia 5 de fevereiro, o PR foi encaminhado à CLJR (Comissão de Legislação, Justiça e Redação). Por conta da relevância, passou ainda pelas comissões de Obras, Serviços Públicos e Atividades Privadas e de Finanças e Orçamentos, onde obteve parecer favorável conjunto, no último dia 18. A tramitação garante a qualidade do texto que será apreciado em Plenário pelos vereadores. 

Nesta semana, foi apresentado o substitutivo 1, o qual propõe a alteração do artigo 3º do projeto de resolução, passando de três para cinco membros na comissão de estudos. Outra mudança é a inclusão de parágrafo único no artigo 4º, o qual cria a possiblidade de contratação de profissional especializado para assessoramento técnico. O substitutivo recebeu parecer favorável da CLJR. 

“Tivemos que ouvir vários depoimentos, como o presidente e técnicos do Semae, com questionamentos em vários momentos sobre vazamento e falta de água. Apresentamos documentos em que ficamos aguardando a resposta e, o que é mais importante, em nenhum momento este substitutivo atrasou o trâmite. Com ou sem, viria a votação nesta segunda-feira”, disse Pedro Kawai. 

Quando apresentou o projeto de resolução, no início do ano, Laércio Trevisan Jr. justificou a proposta por conta das críticas da população em relação à atuação da autarquia. Na oportunidade, ele citou a água como “serviço essencial”, conforme o inciso I do artigo 10 da Lei 7.783, de 1989, e lembrou do Código de Defesa do Consumidor, o qual determina que o fornecimento deve ser contínuo. 

Durante a 13ª reunião ordinária, na noite de quinta-feira (21), o vereador Laércio Trevisan Jr. (PR) criticou a demora da tramitação do projeto de resolução e, ainda, avaliou que a proposta do Substitutivo como “inaceitável”, já que seria uma maneira da Comissão de Estudos ser controlada por apoiadores do prefeito. 

“É uma vergonha este Substitutivo, que tenta retirar o autor da Presidência da propositura. Tenta, mais uma vez, não fiscalizar e quanto menos responsabilidade os fatos apurados, retirando da justificativa as responsabilidades”, disse. 

Pedro Kawai discorda e defende que a ampliação de participação dentro da Comissão de Estudos oferece maior representatividade entre as diversas posições da Casa de Leis, já que possibilita a participação dos líderes de bancada. 

“O que motivou é a maior representatividade. Por ser um tema muito complexo, demanda atenção especial dos vereadores. E a ideia é que a os líderes representem suas bancadas, inclusive o vereador e autor da proposta, tendo uma discussão maior, com mais fiscalização sobre as denúncias que vêm à tona”, concluiu.

VOTAÇÃO - O substitutivo é o primeiro a ser colocado em pauta de votação. Se aprovado, prejudica a proposta inicial. Se rejeitado, vai á votação o projeto original. O quórum para aprovação é de maioria simples dos vereadores presentes no plenário no momento da votação, ou seja, o maior número de votos define quais das propostas será aprovada ou rejeitada. 

Se aprovada a comissão, o presidente da Câmara edita um Ato da Presidência na terça-feira, 26, com a composição da comissão, remete a publicação para o Diário Oficial e os trabalhos são iniciados com a publicação.

PONTO CONTRA PONTO - O programa Rumo ao Parlamento Aberto, que tem um quadro que vai ao ar às segundas e quintas-feiras no Jornal da Câmara, a partir das 19 horas, lança o "pontocontraponto". Nele, dois vereadores abordam seus pontos de vista a respeito do mesmo tema em destaque no cenário político local.

Na estreia estão os vereadores Laércio Trevisan Junior, autor do projeto de resolução que propõe a Comissão de Estudos sobre o Semae, e Pedro Kawai, coautor do Substitutivo ao PR de Trevisan. Confira no vídeo.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Comissão de Estudos/SEMAEAndré BandeiraAry Pedroso JrCarlos Gomes da SilvaCarlos CavalcanteDirceu AlvesJosé LongattoLaércio Trevisan JrPaulo HenriqueRonaldo MoschiniChico AlmeidaGilmar RottaMatheus ErlerPaulo CamposPedro KawaiPaulo SerraRerlison RezendeIsac SouzaJonson OliveiraAdriana NunesLair BragaNancy ThameMarcos AbdalaOsvaldo SchiavolinAldisa MarquesWagner OliveiraAntonio PadovanZezinho PereiraChico Roncato

Notícias relacionadas