PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE FEVEREIRO DE 2018

Trevisan reforça críticas contra prefeitura e ganha apoio de colegas


O parlamentar arguiu o artigo 206, do Regimento Interno na Câmara para justificativa de voto



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Trevisan reforça críticas contra prefeitura e ganha apoio de colegas






Na 7ª reunião ordinária de ontem (26), o vereador Laércio Trevisan Jr. (PR) marcou presença na Tribuna da Câmara para destacar inúmeros encaminhamentos à Prefeitura Municipal onde a população aguarda uma manifestação sobre a realização de obras e contenção de danos visando uma melhor qualidade de vida. O parlamentar também questionou o papel da Câmara e a ação do Ministério Público, além de incluir obras de recuperação da rodovia que dá acesso ao Ceasa.

Os vereadores Pedro Kawai (PSDB) e Wagner de Oliveira, o Wagnão (PHS) também ratificaram a fala de Trevisan Jr., em determinadas aspirações da sociedade, a exemplo de demandas da região do bairro Monte Alegre e da falta de dinamismo de algumas secretarias municipais.

Trevisan Jr. citou os melhoramentos requeridos na praça Imaculada Conceição, na Vila Rezende, sendo que passado um  ano, nada aconteceu. "Não podemos ser dominados por 10 a 12 pessoas. Na prefeitura, todos estão quietos e calados", disse o parlamentar, que também comentou sobre ação no Ministério Público, envolvendo a estrada do Ceasa.

"Nós fomos na justiça, agora o governo do estado diz que vai fazer. Cadê o contrato? Ela não tinha o contrato. O governo ficou bondoso de um momento para o outro, depois de tanto tempo", disse Trevisan Jr., que também cobrou a conduta do prefeito Barjas Negri (PSDB) frente à nomeação de pessoas em cargos comissionados. Além de considerar a economia da Câmara, sendo que as nomeações continuaram na prefeitura. "A cidade está cheia de buracos, sendo que se aumentou em 8% o IPVA", disse.

Trevisan Jr. ainda comentou sobre o Hospital Regional, que até agora nada de concreto aconteceu para a população.

Em questão de Ordem, após a fala de Trevisan Jr, o vereador Wagnão disse que tem pendência na Sedema (Secretaria Municipal de Desenvolvimento do Meio Ambiente) há mais de um ano sem solução.

O primeiro secretário da Mesa Diretora, Pedro Kawai (PSDB), na condição de presidente da reunião ordinária, em substituição ao presidente Matheus Erler (PTB) também fez comentários na fala do vereador Trevisan Jr, sobre problemas estruturais na região do bairro Monte Alegre, onde foram abertas três licitações, sendo que ninguém se interessou pela realização das obras devido ser um restauro em ruas de paralelepípedos, devido aos caminhões pesados que passam por alí.

Kawai citou que há quatros anos o local passou pelo mesmo problema, de afundamento do asfalto, sendo que as empresas tem dificuldade de assumir uma obra como esta.

 


  



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas