PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

26 DE JUNHO DE 2018

Trevisan Jr. volta a questionar licença de jornalista da Câmara


Vereador ocupou a tribuna, apresentou requerimento e ressalta que nomeação de Miromar Rosa como Chefe de Gabinete do Prefeito é “irregular”



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Laércio Trevisan Jr. questiona afastamento e nomeação de jornalista da Câmara






O vereador Laércio Trevisan Jr. (PR) voltou a criticar o afastamento do jornalista Miromar Rosa, da Câmara de Vereadores de Piracicaba, e a nomeação como Chefe de Gabinete do Prefeito Barjas Negri (PSDB). “Estou fazendo aquilo que falei que faria e provei que eu estava certo”, disse o parlamentar, ao citar parecer do Ministério Público que recomenda o retorno do servidor à Casa de Leis. 

Trevisan Jr. ocupou a tribuna do Legislativo na noite desta segunda-feira (25), durante a 38a reunião ordinária, para informar sobre a decisão do MP, que encaminhou parecer à Câmara, à Prefeitura e ao próprio parlamentar o parecer de que há ilegalidade na contratação de Miromar Rosa. “O que eu falei, quando fiz o questionamento, agora está sendo recomendado pela Promotoria”, enfatizou. 

Na mesma reunião ordinária, o vereador protocolou o requerimento 381/2018, aprovado em regime de urgência, onde ele pede informações sobre afastamentos e licenças anteriores do servidor da Câmara, o qual exerce função comissionada na Prefeitura desde 2005. “A minha intenção, com este requerimento, para que a gente saiba tudo o que aconteceu no passado”, disse o parlamentar. 

A propositura pede cópia de todos os afastamentos e/ou licenças em que o servidor Miromar Rosa recebeu da Câmara para exercer a função comissionada na Prefeitura de Piracicaba. O parlamentar pede que sejam informados quais foram os períodos e em qual artigo e lei foram embasados os pedidos. Ele quer saber também em qual lei foi baseado e deferido o benefício incorporado ao salário do chefe de gabinete. 

Trevisan Jr. também quer saber se o servidor recebeu os vencimentos pela Câmara ou pela Prefeitura, ou se por ambos, durante os períodos em ele que ficou afastado e/ou licenciado do Legislativo.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas