PIRACICABA, DOMINGO, 17 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE OUTUBRO DE 2019

Trevisan Jr. questiona instalação de radar para controle de velocidade


Vereador apresentou o requerimento 797/2019, aprovado durante a reunião ordinária desta segunda-feira (7)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução





O vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) pede informações ao Executivo sobre a instalação de radares de controle de velocidade, de avanço de sinal vermelho e de caminhões acima de três eixos na cidade. Ele apresentou o requerimento 797/2019, em regime de urgência, que foi aprovado na 57ª reunião ordinária, na noite desta segunda-feira (7). “Que cidade é essa, onde se coloca ar arapuca para pegar o cidadão”, disse, ao discutir a propositura.

No texto do requerimento, o parlamentar questiona quantos radares existem na cidade de Piracicaba e pediu a relação dos endereços onde cada um está instalado. Também solicitou a relação das multas aplicadas entre janeiro a setembro de 2018, no comparativo com 2019, em cada equipamento, assim como o valor arrecadado. 

Trevisan pergunta também pediu detalhes sobre a modalidade de contratação de cada um dos equipamentos, assim como o valor pago pela locação e pela manutenção mensal de cada equipamento. Questiona quantos palmtops (computadores de mão) a Prefeitura utiliza, qual o valor de locação e manutenção e quem está autorizado/habilitado a utiliza-los. 

O vereador solicita detalhes sobre os equipamentos que estão em fase de instalação. “Foi realizada uma nova locação”, questiona.

DISCUSSÃO – O requerimento foi discutido durante a 57a reunião ordinária, inicialmente pelo autor. “Está sendo instalado na malandragem, porque estão colocando atrás das árvores, ou seja, é um caça-níquel. Aí, o vereador entra com projeto de lei para que os postes fossem identificados, pintados de preto e amarelo, e teve parecer contrário”, criticou Trevisan Jr. 

Em aparte, o vereador Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB), disse que é preciso esperar ficar pronta a instalação do radar antes de criticar. “Ali na avenida 31 de Março, foi pedida uma lombada eletrônica e, justamente neste local onde era possível instalar, tinha uma árvore, mas tudo será sinalizado”, disse. 

Pedro Kawai defendeu a elaboração do documento, que dará visibilidade e clareza à população sobre quem locou e pagou. “Infelizmente, foi feito esse vídeo (criticando a instalação do radar), mas falta informação, porque a Semuttran informou que nenhum deles está ligado e que também não foi aumentado o número de radar instalado na cidade”, disse. 

O vereador José Aparecido Longatto (PSDB) falou das diversas manifestações que recebeu da população sobre os radares. “Vale ressaltar que a lei federal é que determina a necessidade de instalação do radar”, acrescentou.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas