PIRACICABA, DOMINGO, 8 DE DEZEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

28 DE JUNHO DE 2019

Trevisan cobra informações sobre corte de árvores no São Dimas


Propositura reforça pedido realizado em outros dois requerimentos do parlamentar



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Propositura foi aprovada na 38ª reunião ordinária



Conforme o requerimento 487/2019, aprovado nesta quinta-feira (27), na 38ª reunião ordinária, o vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) solicita informações sobre pedido de corte de árvores na rua José Ferraz de Camargo, próximo à residência de número 131, no bairro São Dimas. O pedido já foi realizado pelo vereador em outras ocasiões, nos requerimentos 239/2018 e 599/2018.

De acordo com o vereador, o morador Wagner Pádua Oliveira solicitou à prefeitura a supressão de cinco árvores na calçada de sua residência, na rua José Ferraz de Camargo. Em 27 de abril de 2017, o solicitante recebeu um comunicado do Núcleo de Arborização Urbana da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), de que após vistoria realizada por técnico da pasta, o pedido foi deferido para duas árvores, as quais entrariam em programação para corte. As outras três árvores, por estarem sadias e equilibradas, tiveram o pedido indeferido, informou a secretaria, na ocasião.

Após protocolo do requerimento 239/2018, que apresentou o problema dos riscos de queda das árvores, constantes quedas de galhos e danos às residências, em 11 de maio 2018 a Sedema respondeu o requerimento e informou que devido à complexidade do problema os serviços deveriam ser executados em parceria com a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). A secretaria informou que tratativas seriam providenciadas para definir a data de retirada das árvores.

Por causa da não execução dos serviços, em 21 de novembro de 2018 o vereador protocolou o segundo requerimento, que questionava a prefeitura sobre a não execução do serviço. Em 6 de fevereiro de 2019, a Sedema informou que uma nova vistoria técnica foi realizada, e esta deferiu a supressão das cinco árvores e o serviço seria realizado após a CPFL realizar o rebaixamento das copas.

Segundo o vereador, a CPFL realizou, em março o rebaixamento das copas de duas árvores e até a presente data (811 dias após o protocolo de solicitação) nenhuma outra providência foi adotada pela Sedema.

“Demonstra total omissão por parte da Sedema aos riscos de acidentes e à saúde das pessoas em perigo iminente”, disse o vereador.

O vereador questiona: qual a razão de a Sedema não ter executado os serviços de supressão, qual a razão de a CPFL ter realizado o rebaixamento de copa somente em duas árvores e quando os serviços de supressão serão realizados.



Texto:  Larissa Souza
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas