PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE ABRIL DE 2018

Transmitida ao vivo, reunião gera mais de 300 comentários no Facebook


Vídeo no perfil da Câmara teve 1,7 mil visualizações, com 4,3 mil pessoas alcançadas.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Reunião pública foi transmitida ao vivo pela TV Câmara em três canais e nas redes sociais



A reunião pública que trouxe à Câmara, na noite desta quarta-feira (11), a secretária municipal de Educação, Angela Correa, para falar dos problemas detectados nas unidades escolares administradas pela Prefeitura teve ampla repercussão na internet. A transmissão ao vivo do encontro pela TV Câmara, no perfil oficial do Legislativo no Facebook, teve 1,7 mil visualizações, com 4,3 mil pessoas alcançadas.

A postagem recebeu mais de 300 comentários, de tom predominantemente crítico. As explicações dadas por Angela Correa foram contestadas por parte dos internautas, a exemplo das justificativas para o atraso na entrega de suprimentos, como papel sulfite branco e cadernos ––a secretária disse que o momento requer "gestão e criatividade" e orientou as escolas a, por ora, usarem folhas coloridas, no primeiro caso, e cadernos reaproveitados do ano passado ou bloquinhos, no segundo.

"Aham, vou enviar um ofício no papel rosa", ironizou Clarice dos Santos. "Nossa, que legal! Criatividade e gestão: usar cadernos do ano passado", continuou Patricia Degasperi. "Agora nós temos que usar a criatividade! Vamos começar a reciclar papel higiênico, papel toalha, livro didático", acrescentou Luciana Stenico, para em seguida questionar: "E as lousas? É uma beleza! Cadê o giz? Não tem!".

O número de alunos em sala de aula também foi alvo de críticas. "A superlotação continua?", perguntou Josiane Stenico. "Minha amiga é m1 [maternal 1] e está com 21 crianças", comentou Betinha Hilario, que, junto com Flávio Belisio, cobrou a contratação de mais funcionários. "Mais auxiliares e serviços gerais", disse ela. "Coloquem mais auxiliares, só isso!", completou ele.

Jackeline Goldschmidt convidou a secretária a visitar as escolas. "Venha conhecer de perto! Venha vivenciar os problemas!", escreveu. "Só falta ter a humildade de assumir os erros e corrigi-los", comentou Luciana Stenico. "A realidade é uma só, só sabe o sufoco quem está na sala de aula", disse Lidiane Barioto.

José Mendes defendeu a gestão da educação no município. "Concordem ou não, só quem trabalha na área administrativa sabe que a rede não mede esforços para melhorar o ensino. Infelizmente vivemos em um dos países mais burocráticos do mundo. Vejo que muitas denúncias são sem fundamentos", afirmou.

Já Ivonete Nascimento fez elogios ao projeto pedagógico da Escola Municipal "Antonietta Rosalina da Cunha Losso Pedroso", na Vila Monteiro. "Dou parabéns à diretora e às professoras da instituição. Meu neto está frequentando lá, muito bem cuidado por todos. Entrou este ano, vindo de uma escola particular (bolsa-creche), e está amando", comentou.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Educação

Notícias relacionadas