PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 26 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

21 DE JANEIRO DE 2019

Recursos poupados pela Câmara colaboram para construção de base da PM


5ª Companhia terá unidade em Santa Teresinha graças à economia feita pela Câmara; anúncio da obra, de R$ 1 milhão, foi acompanhado por vereadores nesta segunda-feira.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Lucas do Nascimento Machado (1 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (2 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (3 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (4 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (5 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (6 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico
Foto: Lucas do Nascimento Machado (7 de 7) Salvar imagem em alta resolução

Terreno em Santa Teresinha onde será construída a base da 5ª Companhia

Terreno em Santa Teresinha onde será construída a base da 5ª Companhia
Foto: Lucas do Nascimento Machado Salvar imagem em alta resolução

Anúncio da construção da base da 5ª Companhia em Santa Teresinha lotou sala de reuniões no Centro Cívico



Parte da economia efetuada pela Câmara de Vereadores de Piracicaba na gestão do ex-presidente Matheus Erler (PTB) –– que deixou de gastar R$ 9,766 milhões no ano passado e tem para 2019 um Orçamento 8,65% menor que o inicialmente projetado–– contribuiu para a construção de uma base da 5ª Companhia da Polícia Militar no distrito de Santa Teresinha.

O anúncio da abertura da licitação do empreendimento, orçado em R$ 1 milhão, foi feito pelo prefeito Barjas Negri (PSDB), na tarde desta segunda-feira (21), no Centro Cívico. Cerca de 60 pessoas lotaram a sala de reuniões anexa ao gabinete do chefe do Executivo para a apresentação do projeto.

A sede será erguida em terreno de 865 metros quadrados, na rua João Eugênio Piedade, e terá 402 metros quadrados de área construída. Contará com setor para atendimento ao público, banheiros feminino e masculino acessíveis, vestiários, cozinha, refeitório, sala de preleção e reuniões, sala do comandante, arquivo e depósito e recepção de guardas e armas, além de vagas de estacionamento na parte externa.

Segundo o tenente-coronel Willians de Cerqueira Leite Martins, comandante do 10º BPM-I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), e o capitão Saulo Vieira Runho, que representaram a Polícia Militar no anúncio, a base deve funcionar 24 horas por dia e concentrar os registros de acidentes de trânsito e boletins de ocorrência.

Os vereadores José Aparecido Longatto (PSDB) e Dirceu Alves da Silva (SD), que moram na região, e a vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), que já esteve à frente do 10º BPM-I, destacaram os ganhos que a comunidade terá com a instalação da base da 5ª Companhia, composta por 80 agentes.

"Santa Teresinha é uma cidade dentro de Piracicaba: tem mais de 100 mil habitantes e possui comércio e indústria fortes e todos os equipamentos sociais, mas, lamentavelmente, perdeu alguns equipamentos de segurança que tinha", disse Barjas Negri, ao recordar o fim das bases da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar que existiam na região. "Por alguma razão, essas unidades, que foram construídas pela própria comunidade, foram demolidas. Fiquei muito constrangido quando soube disso", completou.

Ao iniciar em 2017 o terceiro mandato à frente do Executivo, Barjas Negri contou que buscou discutir com a Câmara e a Polícia Militar "uma forma de tentar recuperar esses equipamentos" ––nesse meio-tempo, uma inspetoria da GCM foi montada no Parque Natural de Santa Teresinha. "Fizemos, então, articulações com os vereadores para a economia de recursos para a instalação de uma unidade da PM na região."

Longatto lembrou que, quando da demolição "sem motivo" das bases da GCM e da PM, "nem satisfação deram para nós". "Agradecemos a atenção do prefeito conosco e, principalmente, o fato de ser um homem de palavra: prometeu para nós que iria fazer, que o ajudássemos a conseguir a verba, e hoje estamos aqui para sacramentar isso", completou Longatto.

Dirceu cumprimentou Barjas Negri "pela sensibilidade com a região" e salientou o papel da Câmara na conquista. "Foi um compromisso e uma economia da Mesa Diretora e de todos os vereadores, destinando essa verba, neste ano, para o setor de segurança, que infelizmente está em primeiro lugar nas preocupações. Só a presença de um prédio da polícia [na região] já dá uma sensação de segurança e certamente será muito bom para todos."

Coronel Adriana disse que o anúncio da construção da base da 5ª Companhia tem, para a Polícia Militar, "valor inestimável em termos de motivação, de colocar nos policiais a sensação de pertencimento à comunidade". "Lutamos há anos para dar as melhores condições para que os policiais possam atender bem. E agora culminou com essa verba que todos os 23 vereadores ajudaram, economizando, para que a Câmara pudesse devolver esses R$ 3 milhões para o prefeito investir", afirmou a parlamentar.

Empresários, comerciantes, religiosos e integrantes do Conseg (conselho de segurança da região) e de entidades setoriais receberam com entusiasmo o anúncio. "Tudo o que vem em prol da comunidade nós devemos comemorar. Vamos colher os frutos; queremos que as famílias tenham mais segurança", disse o padre Arlon Beltrão da Silva, pároco da Paróquia São Lucas, na Vila Sônia.

Barjas Negri informou que o edital de licitação deve ser publicado no Diário Oficial do município na próxima semana e a vencedora do certame, conhecida em 60 dias. O prazo para a conclusão da obra deve ser de até 8 meses. "Tenham certeza absoluta de que terão ganho de segurança na região, porque as viaturas vão circular", afirmou.

Ele acrescentou que a região de Santa Teresinha será contemplada com outras melhorias em breve, como a construção de três escolas (duas pelo município e uma estadual), de uma policlínica no Parque Piracicaba e de uma ponte nas imediações do Jardim Gilda. Ele também espera viabilizar, junto ao governador de São Paulo, João Dória (PSDB), a vinda à cidade de um Batalhão de Ações Especiais da PM.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: SegurançaDirceu AlvesJosé LongattoAdriana Nunes

Notícias relacionadas