PIRACICABA, DOMINGO, 17 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE AGOSTO DE 2019

Parlamento Aberto poderá chegar às escolas de todo o Estado


Presidente Gilmar Rotta apresentou projeto para a Diretoria Regional de Ensino, primeira parceira do projeto Parlamento Aberto vai à Escola



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 5) Salvar imagem em alta resolução

Fábio Negreiros e Gilmar Rotta detalham parceria

Fábio Negreiros e Gilmar Rotta detalham parceria
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 5) Salvar imagem em alta resolução

Gilmar Rotta, Fábio Negreiros, Denise Picolli e Érica Dinis

Gilmar Rotta, Fábio Negreiros, Denise Picolli e Érica Dinis
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 5) Salvar imagem em alta resolução

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 5) Salvar imagem em alta resolução

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 5) Salvar imagem em alta resolução

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino

Detalhes da propostas foram apresentados em reunião na Diretoria de Ensino
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Fábio Negreiros e Gilmar Rotta detalham parceria



Tornar a Câmara de Vereadores de Piracicaba mais próxima à realidade dos alunos, levar conhecimento e informação institucional sobre o funcionamento, atribuições e limites do Poder Legislativo, contribuir para a formação cidadã dos jovens. Os objetivos do projeto Parlamento Aberto vão à Escola poderão ultrapassar os limítrofes da cidade e chegar à Secretaria Estadual de Educação. Foi o que sinalizou o Dirigente Regional de Ensino, Fábio Negreiros, após apresentação do presidente Gilmar Rotta (MDB) na manhã desta terça-feira, na sede da Diretoria.

Gilmar Rotta destacou que todas as iniciativas têm como prioridade trabalhar para ampliar a transparência pública, a participação popular, a educação para a cidadania. “Para construirmos uma Câmara realmente participativa, precisamos estimular e oferecer aos jovens ferramentas para que tenham interesse e entendam como a Casa trabalha por ele”, pontuou. A proposta deve ser levada também à Secretaria Municipal de Ensino e á rede particular.

O Parlamento Aberto vai à Escola será executado por uma equipe multidisciplinar composta por diretores e servidores e vai promover visitas às escolas estaduais, palestras e oficinas, interação dos alunos à Câmara, através de suas ferramentas de comunicação e acesso à informação. Palestras expositivas com fotos e vídeos e oficinas com exercícios práticos de acesso ao site da Câmara de Vereadores, estímulo para que os alunos levem as informações para a casa, compartilhando com a família são propostas do projeto. “Buscamos uma linguagem que o jovem se interesse, por isto esta parceria é tão importante”, disse o presidente.

Negreiros recebeu com entusiasmo a ideia de levar aos diretores, professores, estudantes e dirigentes de grêmios estudantis a proposta do Legislativo, que pretende cumprir, através do novo projeto, os pilares do Programa Parlamento Aberto aprovado em abril. “Só posso enaltecer a postura da Câmara em querer se aproximar dos jovens através da educação”, disse. Ele propôs o uso de teleconferências para fortalecer o alcance da proposta.

Ele disse ainda da possibilidade, com o desenvolvimento da proposta e até paralelamente à ela, de uma audiência com o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares da Silva para propor que o modelo seja levado ao conhecimento de toda rede no Estado. “Vamos construir juntos a proposta pedagógica e promover a educação para cidadania”, disse.

O presidente apresentou a servidora Érica Dinis, da Secretaria Municipal de Educação, e que atua no Legislativo Municipal, como pedagoga responsável pelo projeto, reforçando a importância de a proposta estar sob responsabilidade de um servidor de carreira. “O Parlamento Aberto e todos os projetos derivados dele são propostas que deverão seguir fortes independente de quem comanda a Casa. É bom para a cidade e também para a Câmara”, disse. Pela Diretoria de Ensino, o projeto estará sob a coordenação da Diretora Técnica do Núcleo Pedagógico, Denise Picolli. Participaram ainda da reunião a Diretora de Comunicação, Valéria Rodrigues e as assessoras parlamentares Melissa Maziero e Paula Campos. 



Texto:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Parlamento AbertoGilmar Rotta

Notícias relacionadas