PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

23 DE FEVEREIRO DE 2018

Pagamento de dívida a hospitais reflete empenho da Câmara


Projeto de lei 50/2018, do Executivo foi aprovado nas 3ª e 4ª reuniões extraordinárias, na noite desta quinta-feira (22)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Aprovação do projeto de lei 50/2018 ocorreu na noite desta quinta-feira (22)




O pagamento de R$ 5,029 milhões da dívida contraída pela Prefeitura Municipal com os hospitais filantrópicos da cidade – Santa Casa receberá R$ 3,674 mi e Fornecedores de Cana, R$ 1,355 mi –, aprovado nesta quinta-feira (22), durante as 3ª e 4ª reuniões extraordinárias, reflete o empenho da Câmara de Vereadores de Piracicaba em contribuir com a gestão pública na área da saúde. 

“Gostaria de agradecer em nome do senhor (Matheus Erler, presidente da Câmara) pelo empenho desta Casa de Leis em fazer uma economia para ajudar o prefeito Barjas Negri em pagar a dívida com os hospitais”, disse Ary Pedroso Jr. (SD). Ele relatou que se reuniu com o chefe do Executivo, o qual sabia “que a votação seria positiva”. 

A aprovação do projeto de lei 50/2018 ameniza uma situação que, em 2017, forçou a interrupção das cirurgias eletivas, por conta de uma dívida de cerca de R$ 22 milhões entre a Administração e os hospitais. Na oportunidade, com a atuação da Câmara, ficou acordado com a Prefeitura que, até Fevereiro de 2018, quando os tributos começam a ser creditado nos cofres públicos, uma parte da dívida seria paga. Embora não elimine o valor total, o pagamento dá garantia de continuidade do atendimento dos hospitais. 

O empenho da Câmara ficou evidente na tramitação do PL 50/2018. Foram convocadas reuniões extraordinárias, o presidente Matheus Erler (PTB) assinou o autógrafo logo na manhã desta sexta-feira (23), com o intuito de agilizar o encaminhamento para sanção do prefeito e assim ser realizada a publicação no Diário Oficial, para que a lei entre em vigor. “Dia 28 de Fevereiro esse dinheiro vai ser entregue aos hospitais”, informou Ary Pedroso Jr., ao também parabenizar o chefe do Executivo por “honrar a palavra”. 

Ronaldo Moschini (PPS) destacou a postura do prefeito Barjas Negri em reconhecer a dívida com os hospitais e em criar a demanda no Orçamento de 2018 para pagamento do débito. Lembrou que parte destes recursos é oriundo do Legislativo, que no ano passado repassou R$ 1,5 milhão e, neste ano, deixará de receber cerca de R$ 10 milhões do que tem direito para contribuir no financiamento da saúde do município. 

Já o vereador Lair Braga (SD) ressaltou que a Câmara deu o primeiro passo para resolver o problema da dívida com os hospitais ao economizar “em tudo o que era possível”. O parlamentar enalteceu ainda a postura do prefeito. “Uma coisa linda para um homem é honrar uma dívida que não é sua e ir lá e pagar”, disse. 

O vereador Paulo Campos (PSD) lembrou que o compromisso da Câmara foi definitivo para que os hospitais restabelecessem as cirurgias eletivas, que chegaram a ser canceladas por quase dois meses. “Eu gostaria de parabenizá-lo (Matheus Erler) pelas medidas de austeridade, e também toda a Mesa Diretora, que fez com que sobrassem alguns milhões de reais para ser repassado ao Executivo”, disse. 

Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, o vereador Gilmar Rotta (MDB) também parabenizou a gestão de Matheus Erler à frente da Mesa Diretora. “Providenciou os recursos no ano passado e destinou R$ 10 milhões para o pagamento de dívidas com os hospitais”, disse, ao lembrar da disposição para convocação de reuniões extraordinárias, com o objetivo de agilizar o repasse dos recursos. 

O presidente da Câmara, Matheus Erler (PTB), dividiu o mérito da economia no Legislativo com os servidores, “que se empenharam muito para que chegássemos nesta situação”, disse, ao ressaltar o “esforço coletivo”. Ele também enfatizou que o mesmo rigor com o uso dos recursos públicos continua neste ano. “Estamos trabalhando mais numa quantidade de horas muito menor”, concluiu o parlamentar.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoAry Pedroso JrRonaldo MoschiniGilmar RottaMatheus ErlerPaulo CamposLair Braga

Notícias relacionadas