PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 28 DE MAIO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE MAIO DE 2018

'O XV está na UTI', diz Capitão Gomes sobre time piracicabano


Parlamentar fez campanha em prol de pagamento de dívida, que precisa ocorrer ainda esta semana



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Camisetas estão sendo comercializadas para levantar fundos, lembrou vereador




O XV de Novembro, centenário time de futebol piracicabano, está internado na UTI em estado gravíssimo e precisa de uma transfusão de sangue violenta, do contrário vai morrer. A avaliação é do vereador Carlos Gomes da Silva, o Capitão Gomes (PP), que defendeu mobilização popular em prol do que ele considera um patrimônio da cidade.

Em seu pronunciamento nesta segunda-feira (7), na 25ª reunião ordinária, Capitão Gomes explicou o contexto que agravou a situação financeira do time de futebol. Segundo ele, no início de 2012 o jogador Paulinho foi transferido para o futebol búlgaro e, depois, o time foi penalizado pela Fifa - como devedor solidário - a quitar uma multa total de R$ 520 mil, do contrário pode ser rebaixado automaticamente para a Série A3 ou até mesmo para a Quarta Divisão.

O prazo máximo, disse Capitão Gomes, é a próxima sexta-feira (11). "Qual a solução que vejo neste momento: apelar aos comerciantes, logistas, profissionais liberais, funcionários da Casa, prefeito. Precisamos vender 6 mil camisas e pagamos isso aí", detalhou o parlamentar, que conversou com as diretorias da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas, Fundições e Similares de Piracicaba e Região).

Sobre o amor ao time alvinegro, Capitão Gomes disse que "está no sangue". Ele elogiou o trabalho que está sendo feito pela atual diretoria do clube. "Essa campanha, Piracicaba abraça o XV, não é minha, é da Câmara, pois se o XV cair a responsabilidade é nossa também", disse.

O pronunciamento do parlamentar foi endossado pelos vereadores Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), e Ronaldo Moschini (PPS).



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoCarlos Gomes da Silva

Notícias relacionadas