PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE NOVEMBRO DE 2018

Marcos Abdala contesta fala de Paulo Afonso na defesa de nascente


Percebe-se que este cidadão quer se apossar de área de nascente para o plantio de cana de açúcar e depois construir uma fábrica de rapaduras na comunidade Pereirinha



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Marcos Abdala contesta fala de Paulo Afonso na defesa de nascente






Terceiro orador a ocupar a Tribuna da Câmara, na 66ª reunião ordinária de ontem (5), por dez minutos regimentais a que cada parlamentar tem para assuntos diversos, o vereador José Marcos Abdala (PRB) citou as manifestações do cidadão Paulo Afonso, que "veio nesta Casa por sete vezes para dizer que os vereadores não fizeram nada para proteger as nascentes. E todas as vezes ele citou meu nome. Eu estive mesmo lá na comunidade Pereirinha, então eu vou explicar", disse o parlamentar ao discorrer sobre as manifestações de Afonso.

"Toda vez que ele falava, meio confuso, mas estou explicando o que acontece no Pereirinha. Consta que quando o proprietário iria cercar seu pedaço de terra e eles diziam que foi helicóptero, estive lá com João Manoel, presidente da Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba) e com o Reinaldo Rabelo, chefe da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente) fazendo um trabalho. Disseram que não poderia colocar cerca no local e que a área não tem dono. Mas a cerca foi colocada porque a área tem, sim, dono, o que eles aceitaram prontamente", disse o parlamentar.

"Fomos até lá no Pereirinha. Consta que o Paulo Affonso quer plantar cana e produzir rapadura. Eu queria que vocês vissem para saber como vamos limpar esse local? A Emdhap está acompanhando e monitorando as famílias. São 58 barracos. A população se reuniu, onde explicamos que iriamos buscar informações. Ele me questionou sobre a limpeza da áera, mas eu disse, novamente, que não é possível limpar. E a cerca foi colocada e continua lá", disse Marcos Abdala ao apresentar amplo material fotográfico reportando aos fatos. 

Abadala também relatou sobre reunião com Fernando Bozó, presidente da Associação de Famílias Carentes de Piracicaba, que envolve 12 comunidades, entre Frederico e Portelinha. Além de citar a participação de Galo, uma pessoa que se encarrega de manter a capinação do local.
 
"Consta que o Paulo Afonso quer que limpe a nascente e quer utilizar de toda área, que tem dono, para o plantio de cana, onde, posteriormente, ele vai colocar um engenho de água, uma roda de água na nascente dos Macacos, para fabricar e comercializar rapadura. Inclusive, o senhor Paulo Afonso já cercou mais de mil metros de área verde, onde ele planta cana e milho", disse o parlamentar, que também mostrou a área requerida para limpeza, com a presença de barracos, sendo que o Ministério Público ainda não se manifestou sobre o caso.
 
Marcos Abdala também apresentou o croquis da área, demarcando as propriedades, com os limites das áreas verdes, além da matrícula do imóvel perante o cartório de registro de imóveis.


Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Reunião OrdináriaMarcos Abdala

Notícias relacionadas