PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

05 DE JUNHO DE 2018

José Aparecido Longatto destaca empenho de secretarias municipais


O parlamentar ocupou a Tribuna da Câmara, na reunião ordinária de ontem (4) para ler o teor de comunicados das secretarias municipais de Educação e de Saúde



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

José Aparecido Longatto destaca empenho de secretarias municipais




Segundo Orador a ocupar a Tribuna da Câmara, por 10 minutos regimentais, na 32ª reunião ordinária de ontem (4), o vereador José Aparecido Longatto (PSDB) apresentou comunicados das secretarias municipais de Educação e a de Saúde, para destacar levantamento de serviços prestados.

Longatto iniciou suas considerações lendo nota da secretaria de Educação dando conta que no final do mês de maio, não foi procurada por nenhum grupo, sobre mensagens propagadas pelo Whatsapp, se reportando a problemas decorrentes do movimento dos caminhoneiros, onde todos foram prejudicados.

A orientação da Secretaria foi no sentido de que todos os professores que moram fora de Piracicaba, se houvesse necessidade de faltarem ao trabalho, que fizessem após a regularização da situação,  que se constituisse um requerimento para justificar a ausência e o motivo, sendo que feito o requerimento a Secretaria irá avaliar cada caso.

A nota diz que na escola municipal Antonio Rodrigues Domingues atuam cerca de 21 professoras, sendo que nove residem fora e, dos quais oito participaram do movimento no início da noite. Do restante, 12 moram em Piracicaba e também estavam na frente da escola. A nota também informa que todos os setores da prefeitura, inclusive a secretaria de Educação se esforçaram e traçaram estratégias para que esta crise causasse o menor impacto possível na população.

Com o cancelamento de viagens, economia de combustíveis e o seu direcionamento para os serviços essenciais,a exemplo das unidades de saúde, que não pararam de atender e as aulas que não foram canceladas em nenhuma escola, sendo que a rede infantil de ensino tem cerca de 19 mil crianças matriculadas, de zero a cinco anos e, mais e 16 mil mães trabalhadoras dependem da creche.

No outro comunicado, o vereador Longatto anunciou posição da secretaria de Sáude, que também foi compartilhado aos demais parlamentares, dando conta de que mais de 360 mil atendimentos médicos e quase oito mil internações hospitalares, sendo que a rede municipal de saúde da prefeitura de Piracicaba, que é complexa e bastante completa tem prestados muitos serviços aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), sendo que a rede é formada por unidades de saúde, postinhos, cinco prontos socorros, as Upas, o PSF (Programa Saúde da Família) e diversos serviços especializados, entre outras ações, em resultados de apenas quatro meses.

Longatto também enfatizou os 361.977 atendimentos médicos, sendo que na atenção básicas ficou com 119.612, rede básica 72.155, saúde da família 63.357, atendimento de especialidades 42.509, urgências e emergências 199.856, Upas e quatro prontos socorros 171.679, Cot, na ortopedia 28.174, internações hospitalares, número de atendimento 7.985, Santa Casa com 3.899, hospital da Cana 3.224 e o Ami 862 internações hospitalares.

Clínica cirúrgica 3.838, clínica médica 3.070, Samu 8.689, atendimentos especiais 613.859, exames laboratoriais 511.174, raios X 918, ultrassonografia 1.563, exames de papa nicolau 7.336, mamografias 3.695, tomografias 2.041, ressonância magnética 2.132, procedimento especiais, atendimentos odontológicos 82.125, individuais 41.290, coletivos e escolar 40.835, atendimentos veterinários 7.241, vacinação 751 e outros 6.490, o que representa um balanço de janeiro a abril de 2018, disse Longatto.

O vereador Longatto também apresentou relatório do Hospital Regional de Piracicaba, dando conta de atendimentos até o presente momento, sendo que a Saúde e a Unicamp divulgam o balanço do primeiro trimestre registrando 2.450 atendimentos clínicos, nas especialidades de Otorrinolaringologia e Oftalmologia, Ortopedia, cirurgia geral, cardiologia e consultas pré-anestésicas, onde a secretaria municipal de Saúde e a Universidade Estadual de Campinas - responsável pela unidade recém inaugurada.

A consideração é que desde maio, com o início do funcionamento dos equipamentos,  de ressonância magnética foram feitos 316 exames de imagens, para dar suporte a diagnósticos e ao preparo de cirurgias, de maior complexidade, que serão iniciadas a partir deste mês, comunicam a pasta e a Unicamp.

A consideração é que entre maio e março foram contabilizados 576 interconsultas, avaliações pré-cirurgicas, sendo 530  na área de anestesiogologia, e 46 ligadas à cardiologia, sendo que o total de consultas do período foi de 2.405, sendo assim listadas cirurgias eletivas, e avaliações oftalmológicas e de retina 237 e avaliação de otorrinolaringologia 621, cirurgia geral 195, de mão 85, ortopedia de joelho 31.

Longatto também enfatizou que conforme avaliação da secretaria municipal de Saúde e do secretário municipal Pedro de Mello, o Hospital Regional até o momento está dentro da expectativa, sendo que tudo o que foi planejado está sendo executado.

A consideração é que o Hospital Regional vem ajudando, de forma progressiva, na rede de saúde pública, sendo que seu desempenho será sentido pela sociedade gradativamente. No documento o prefeito Barjas Negri (PSDB) também destaca o desenvolvimento paulatino do Hospital Regional, no sentido de garantir o mellhor atendimento aos usuários do SUS, sendo que a Entidade era um antigo sonho, oferecendo vários serviços que se expandirão até chegar à sua capacidade máxima de atendimento, englobando toda região de Piracicaba.

Longatto também enfatizou o último parágrafo do comunicado, dando conta de que as progessões para atendimento da máxima capacidade do hospital está prevista para o início de 2019, quando passará a realizar cirurgias em outras especialidades como ginecologia, buco maxilo, urologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, ortopedia, cirurgia geral e cardiologia.

"Este é um balanço que temos que agradecer através de nossa secretaria da Saúde, do secretário Pedro de Mello e do prefeito Barjas Negri, sendo que a Câmara também tem a sua participação nestes trabalhos prestados", concluiu o parlamentar.

 

 

 



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Reunião OrdináriaJosé Longatto

Notícias relacionadas