PIRACICABA, DOMINGO, 8 DE DEZEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

16 DE SETEMBRO DE 2019

Gilmar Rotta defende treinamento de intérpretes de Libras no SUS


Presidente da Câmara participou de encontro, sexta-feira (13), onde grupo de surdos também defendeu a criação de central de formação



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (7 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (8 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (9 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (10 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (11 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (12 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (13 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (14 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (15 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (16 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (17 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (18 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (19 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (20 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


O vereador Gilmar Rotta (MDB), presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, defendeu a introdução de treinamento de intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais) dentro das unidades de atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde). Na sexta-feira (13), ele participou de encontro de surdos, na Acipi, onde também foi apresentada a demanda para criação de uma central de formação no Município. 

“A central é importante, mas como algo mais urgente precisamos qualificar os profissionais que atuam no SUS. É necessário que em cada unidade tenha alguém capaz de se comunicar com os pacientes surdos”, disse Rotta. Ele relatou que já apresentou, informalmente, a demanda ao prefeito Barjas Negri (PSDB) e, ainda, iria protocolar na Câmara requerimento encaminhando o pedido ao Executivo.

O encontro para debater a instalação da Central de Intérprete de Libras no Município reuniu cerca de 140 pessoas, a maior parte delas integrantes de grupo que, desde março deste ano, atua para unir a população surda no Município. Na oportunidade, foram apresentados diversos relatos sobre a dificuldade que os surdos encontram, principalmente, quando precisam de serviços públicos.

Os obstáculos são sempre em torno da dificuldade de comunicação. Entre os exemplos citados é quando os médicos precisam receitar remédios para determinados tratamentos, ou mesmo para conseguir entender quais são as dores que o paciente surdo está sentindo, o que impede diagnóstico mais exato. 

O metalúrgico Pedro Domingos Grella foi um dos que relatou, na reunião, as dificuldades que, ao longo da vida, encontrou para se comunicar. “Quando nasci, por conta da minha surdez, era difícil conseguir detalhar as minhas necessidades aos médicos”, disse, sob a tradução do intérprete Edson Januário.

Beatriz Turetta é professora e uma das organizadoras do grupo de surdos, que conta com cerca de 200 participantes. “As reuniões proporcionaram o fortalecimento da comunidade surda piracicabana”, disse, ao lembrar que a Câmara de Vereadores de Piracicaba tem sido receptiva à causa, o que contribuirá para novas conquistas. 

Em abril deste ano, o Legislativo piracicabano iniciou o projeto Câmara Inclusiva, em que recebe representantes de pessoas com deficiência, entre eles os surdos. “O nosso objetivo é ser cada mais receptivo à população, incluindo aqueles que tem alguma deficiência”, disse Rotta. Ele explicou que o trabalho é resultado do programa Parlamento Aberto, instituído oficialmente na Casa de Leis. 

Thiago Pereira da Silva é um dos integrantes do grupo de surdos e, na oportunidade, ele enfatizou a necessidade de participação de todos. “Ainda mais neste momento, em que estamos tendo o apoio da Câmara, devemos incentivar cada vez mais o engajamento das pessoas em torno da nossa causa”, disse. 

O professor, Renê Isael Costa Bezerra, defendeu a disseminação do aprendizado de Libras como uma forma de ampliar a participação da comunidade nas decisões do Município. “Precisamos ampliar o conhecimento sobre a Língua de Sinais”, disse. 

Thiago e Renê foram traduzidos pelo intérprete Thiago Loubestein.

A reunião também integrou a campanha “Setembro Azul”, criada com o intuito de ampliar o debate em torno da acessibilidade dos surdos, e contou com a participação da assessoria do vereador André Bandeira (PSDB) e do presidente do Comdef (Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência), Ademir Barbosa.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Câmara InclusivaGilmar Rotta

Notícias relacionadas