PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 26 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

21 DE FEVEREIRO DE 2019

Gazeta de Piracicaba adere à campanha pelo Baep


Veículo vai reproduzir o abaixo-assinado e desenvolver matérias relacionadas à campanha



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Comunicação (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Comunicação (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Comunicação (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Comunicação Salvar imagem em alta resolução


Depois da adesão do deputado Roberto Morais (PPS), a campanha da Câmara de Vereadores de Piracicaba e Prefeitura do Município buscando a conquista de um Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) ganha um novo reforço. O jornal Gazeta de Piracicaba colocou-se à disposição para ampliar o alcance da demanda do município, desenvolvendo matérias e divulgando um abaixo-assinado que será levado ao governador do Estado, João Dória.

A primeira ação foi uma entrevista publicada na edição hoje, em que o veículo detalha os objetivos da ação dos poderes Legislativo e Executivo, na qual o prefeito Barjas Negri (PSDB), o presidente da Câmara, Gilmar Rotta (MDB), o vice-presidente Pedro Kawai (PSDB) e o vereador José Aparecido Longatto (PSDB). Os três vereadores foram autores da Moção de Apelo a Dória, pedindo o cumprimento de sua promessa de campanha de levar interior do estado de São Paulo os batalhões.

Os BAEP são responsáveis pela execução de ações táticas de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública, controle de distúrbios civis, policiamento com cães e das ações de policiamento montado e dão apoio à execução de operações especiais de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública.

A Gazeta vai publicar em duas edições o abaixo-assinado que pede a inclusão da instalação de um batalhão na cidade em 2019. Segundo Gilmar Rotta, a mobilização desde já é para que a reivindicação da cidade entre na pauta de prioridades do governador e que inclua no Orçamento do Estado a previsão orçamentária. “Se não nos mobilizarmos desde já, outros municípios podem estar à frente”, disse.

Como o batalhão teria atendimento regional, Câmara e Prefeitura compartilharam o abaixo-assinado com outras cidades para que também coletem assinaturas. Os gabinetes dos vereadores também manterão cópias do abaixo-assinado, assim como as portarias da Câmara de Piracicaba. Gilmar Rotta ainda pretende realizar visitas aos presidentes das Câmaras da região fortalecendo a ação e uma comitiva deve, ao final da coleta de assinaturas, entregar em mãos, ao governador, o resultado da campanha.



Texto:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: SegurançaJosé LongattoGilmar RottaPedro Kawai

Notícias relacionadas