PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

05 DE JUNHO DE 2018

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler


Moção de aplausos da vereadora Nancy Thame homenageou a destacada atuação do Diretor Administrativo da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Câmara exalta legado acadêmico e relevantes trabalhos de José Engler




A Câmara de Vereadores de Piracicaba, conforme iniciativa de Nancy Thame (PSDB) promoveu ato solene, no expediente da 32ª reunião ordinária de ontem (4) para entregar a moção 149/2017, de aplausos ao professor Joaquim José de Camargo Engler por sua destacada atuação como Diretor Administrativo da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), pela relevância dos trabalhos prestados em favor do desenvolvimento da comunidade acadêmica e da pesquisa científica nacional.

No ato da entrega da moção, a vereadora Nancy saudou integrantes da comunidade Esalqueana que prestigiaram a homenagem, como ex-professores, diretores e a presença do diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da Fapesp, Carlos Américo Pacheco, representando o presidente do Conselho Superior, José Goldemberg.

A parlamentar destacou a importância da homenagem conferida pela Câmara, com o apoio de todos os vereadores, num ato singelo, que simboliza e registra na Casa de Leis toda uma trajetória e história de vida, de uma pessoa que se destaca não só pela trajetória acadêmica, mas como ser humano.

"Diretor da Esalq, prefeito do Campus, diretor do Cena e tantos outros feitos, que estando à frente da Fapesp se mostra um profissional que realmente enxerga além dos muros, representando não só uma história esalqueana e piracicabana, mas se colocando mais do que isto, sendo a projeção da pesquisa que realmente coloca o Basil na vanguarda, na pesquisa não só agropecuária e agronomia, bem como nos aspectos sociais, e tantas outras áreas que influenciou e continua influenciando em sua história de vida", disse.

Nancy Thame também lembrou da passagem dos 117 anos da Esalq, em solenidade que o reitor da Usp disse o quanto a Instituição tem o lado conservador, quando temos uma história a preservar, sendo que ao mesmo tempo temos princípios que devem nortear a nossa história, sendo que o desafio e enxergar adiante.

"A moção fica como uma homenagem de todos os vereadores pelo significado que o senhor tem para nós. Lembrando que o senhor também já é piracicabano, recebeu o título desta Casa, pela sua história de projetar o país e enxergar além das linhas divisórias que possam nos dividir; o que é uma honra muito grande tê-lo conosco nesta noite", disse a parlamentar, que na sequência fez a entrega da moção e, do quadro alusivo à honraria. O presidente da Câmara, Matheus Erler (PTB) também participou do ato de entrega da homenagem.

No agradecimento às honrarias recebidas pela Câmara, o professor Joaquim Engler falou da feliz coincidência, neste dia 5 de junho ao completar 11 anos em que esteve na Câmara para receber o título de Cidadão Piracicabano, de uma cidade que só teve alegrias, onde viveu por 52 anos, onde fez muitos amigos, onde trabalhou na Esalq, Usp, por 48 anos, para depois ir para a Fapesp, onde está há mais de 30, seis anos como conselheiro e 24 anos como diretor e, agora assessorando Calos Américo Pacheco.

"São instituições que trabalhar é uma grande alegria, instituições maravilhosas, que contribuem para o momento do País, que nos trazem grandes alegrias. Nesta oportunidade quero agradecer a todos que colaboraram comigo nesta trajetória profissional; esta Câmara de Vereadores, que pela segunda vez me faz uma homenagem; o que fico muito feliz; especialmente à vereadora Nancy e a todos os familiares e amigos", concluiu emocionado o professor Joaquim.

Moção

No teor da moção de aplausos, a vereadora Nancy Thame registra que Joaquim José de Camargo Engler, nascido em Campinas em 1942, graduou-se em Engenharia Agronômica, em 1964, pela Esalq/Usp – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo.

Em 1968 obteve o título de Doutor em Economia Aplicada pela Esalq/Usp; em 1969, o título de Mestre em Economia Agrícola e, em 1971, de PhD (Philosopher Doctor) em Economia Agrícola pela The Ohio State University; em 1978, obteve o título de Livre Docente em Análise Econômica pela Esalq/Usp.

Em 1979, tornou-se Professor Adjunto da Esalq/Usp e, em 1981, Professor Titular. Foi, também, Professor Visitante na área de Teoria Econômica no Centro de Estudos de Economia Agrária do Instituto Gulbenkian de Ciência, em Portugal.

Publicou cerca de uma centena de artigos científicos e relatórios de pesquisa, com participações em livros e outras publicações didáticas e presença em dezenas de reuniões científicas, congressos e seminários no Brasil e no exterior e orientações de dissertações de mestrado e teses de doutorado.

Foi Representante da América Latina no Comitê da Associação Internacional de Economistas Agrícolas; Membro da Comissão de Tecnologia Agropecuária, Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia; Membro da Comissão de Consultores da Capes (Coordenação da Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior); Consultor do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, dentre outras atribuições.

Pela excelência de suas atividades, recebeu diversas homenagens, dentre as quais: o título de Cidadão Piracicabano, a Medalha de Mérito Científico "Prof. Dr. Walter Radamés Accorsi" e a Homenagem "Scientiarum Persona Magnífica", do Clube dos Escritores Piracicaba; a Medalha Paulista do Mérito Científico e Tecnológico, do Governo do Estado de São Paulo.

Na área administrativa, o Prof. Dr. Joaquim Engler foi diretor da Esalq/Usp, de 1982 a 1986, Coordenador do Campus e Prefeito do Campus Luiz de Queiroz e, ainda, Diretor do Cena (Centro de Energia Nuclear na Agricultura). Em 1976 foi um dos idealizadores e um dos primeiros diretores da Fealq (Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz).

Na reitoria da Usp, em São Paulo, foi chefe de gabinete do reitor José Goldemberg, Assessor Técnico de Planejamento, Coordenador do Grupo de Planejamento Setorial, Coordenador de Administração Geral, Coordenador e editor do Anuário da Usp e, por 31 anos, presidente da Comissão de Orçamento e Patrimônio da Usp.

No final dos anos 1980, o Prof. Dr. Joaquim Engler passou a desempenhar importantes funções junto à Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), que é uma das principais agências de fomento à pesquisa científica e tecnológica do país, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Com um orçamento anual correspondente a 1% do total da receita tributária do Estado, a Fapesp apoia a pesquisa e financia a investigação, o intercâmbio e a divulgação da ciência e da tecnologia produzida em São Paulo, por meio de Bolsas e Auxílios a Pesquisa que contemplam todas as áreas do conhecimento: Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciência Humanas, Linguística, Letras e Artes.

As Bolsas e Auxílios se destinam a pesquisadores de graduação e pós-graduação vinculados a instituições de ensino superior e de pesquisa paulistas, com o objetivo de induzir o desenvolvimento de pesquisas que promovam o avanço da fronteira do conhecimento e respondam às demandas do Sistema de Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo e do país.

No final da década de 1980, o Prof. Dr. Joaquim Engler passou à função de Coordenador da Fapesp, na Área de Ciências Agrárias. Entre 1988 e 1993, foi membro do Conselho Superior da Fundação. A partir de 1993 assumiu o cargo de Diretor Administrativo da Fapesp, sendo reconduzido e permanecendo no cargo desde então.

 



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: HomenagemNancy Thame

Notícias relacionadas