PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE JUNHO DE 2018

Adriana comemora proposta que obriga preso a pagar custos de detenção


Vereadora ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta quinta-feira.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Coronel Adriana ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta quinta-feira




A vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), comemorou a aprovação, pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, de um projeto de lei que obriga presos a ressarcirem o Poder Público pelos custos da detenção.

O texto, que agora seguirá para a Câmara dos Deputados, estabelece que os presos que tiverem condição terão de pagar diretamente os custos da detenção ––senão serão inscritos na dívida ativa da União. Já os detentos que comprovadamente não puderem pagar os custos deverão trabalhar, ainda presos, para quitá-los ––e caberá ao governo oferecer emprego a eles.

"Eles terão que pagar por sua estadia, porque não é justo termos pessoas que cometem toda a sorte de crimes, cada vez mais graves e que vitimaram 62 mil em 2016, numa média de 30 homicídios por 100 mil habitantes, e essas pessoas, quando são presas ––porque sabemos que a taxa de resolução de homicídios no país não chega a 8%––, ainda não pagam nada", refletiu a vereadora, na tribuna, durante a 33ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (7).

Coronel Adriana exaltou o "grupo de parlamentares que está vendo a situação horrorosa de criminalidade que está havendo no país" e informou que apresentará moção de apelo na Câmara, dirigida ao Congresso Nacional, para que a proposta seja aprovada em definitivo.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoAdriana Nunes

Notícias relacionadas