PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE NOVEMBRO DE 2018

Adriana apresenta propostas para prevenção de acidentes de trânsito


Vereadora sugere adoção do programa "Madrugada Viva" e maior rigor à lei que trata da cassação de alvarás de estabelecimentos comerciais



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Reunião foi realizada na sede da Semuttran

Reunião foi realizada na sede da Semuttran
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Reunião foi realizada na sede da Semuttran

Reunião foi realizada na sede da Semuttran
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Reunião foi realizada na sede da Semuttran



A vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), apresentou propostas para melhorias na segurança do trânsito de Piracicaba à Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), no último dia 29. 

A primeira das iniciativas apresentada é a chamada "Madrugada Viva", no qual consiste selecionar alunos de universidades para exercer o trabalho de conscientização em mesas de bares com grande frequentação de pessoas maiores de idade, e em avenidas com comércios e alto fluxo de pessoas.

O projeto foi criado e desenvolvido enquanto enquanto a vereadora atuava como policial militar, no qual realizava parceria com alunos do curso de fisioterapia da faculdade UniCapital, ações de conscientização quanto ao risco do álcool para o trânsito, na capital paulista.

A ação gerava créditos aos estudantes, como é feito com o estágio obrigatório. "Essa atitude incentiva e propõe interesse para os jovens falarem com os demais da mesma faixa etária", disse Adriana.

Ela defende que a ação foi "muito positiva" e que pode ser estendida para Piracicaba. O secretário Jorge Akira afirmou ser favorável ao projeto. O próximo passo é debater a proposta com universidades para dar início às ações.

Outra proposta é impor maior rigor às medidas administrativas e providências determinadas pelo Decreto 14.132/2011, que regulamenta a Lei 6.909/2010, sobre a casssação de alvarás de estabelecimentos comerciais. "Não há dispositivos que permitam o fechamento do local em caso de crimes relacionados à receptação de drogas, por exemplo", citou.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: SegurançaAdriana Nunes

Notícias relacionadas