PIRACICABA, DOMINGO, 18 DE NOVEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

31 DE AGOSTO DE 2018

Exposição reforça a importância da inclusão de pessoas com deficiência


Trabalho foi realizado pelos alunos da Escola de Fotografia Palladino, com os deficientes da Apae e com o apoio do vereador André Bandeira



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Sidney Jr (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia
Foto: Sidney Jr (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia
Foto: Sidney Jr (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia
Foto: Sidney Jr Salvar imagem em alta resolução

Jefferson Palladino, fotografo e proprietário da escola de fotografia



Nesta segunda-feira (3), a Câmara abre a exposição O Poder do retrato como uma forma de inclusão, realizada pelos alunos da Escola de Fotografia Palladino. A mostra traz modelos deficientes da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). O projeto teve o apoio do vereador André Bandeira (PSDB) e fica em cartaz até 14 de setembro, no hall do Salão Nobre Helly de Campos Melges.

Com 32 fotografias, pela primeira vez a Escola trabalha com deficientes. “A ideia inicial surgiu para possibilitar aos alunos da escola o contato com o retrato. Mas saímos de lá com outro pensamento. Percebemos que foi muito mais uma vivência humana do que fotográfica”, relatou o fotógrafo Jefferson Palladino, proprietário da escola. 

Palladino garantiu que depois desse trabalho os alunos chegaram à conclusão que seus problemas não eram nada perto da batalha que os deficientes enfrentam. "É necessário lembrarmos o quão importante é incluir estas pessoas em nossa sociedade", destacou.

O fotógrafo acompanhou durante um dia duas turmas do período da manhã e da tarde, na instituição, e segundo ele, é algo rotineiro, e um problema que se repete diariamente para eles.

“A Apae é um órgão de doações, então essa parte da inclusão, não só de nós fotógrafos, mas de colocar a Apae em nosso dia a dia. O trabalho deles é incrível. Mostrar que existe aquele problema todos os dias. Não é só nos doarmos uma vez e achar que está feito”, disse o fotógrafo, sobre a entidade, um movimento de pais de pessoas com deficiência que atendem pessoas com deficiência intelectual, deficiência múltipla e com transtornos invasivos do desenvolvimento que necessitam de apoio permanente.

Palladino explicou que procura criar passeios fotográficos e que a Apae parecia interessante. “Não imaginamos a dificuldade que sentiríamos, alguns deficientes são acanhados, outros atirados. Alunos com autismo, por exemplo, não possuíam nenhum tipo de reação. Foi algo muito importante para os alunos fotografarem”, esclareceu.

Inspirado pelo resultado com o trabalho realizado com a Apae, Jefferson Palladino tem planos para realizar o mesmo projeto no Lar dos Velhinhos e na Fazendinha do Vô Bráulio, em São Pedro, que conta com várias espécies de animais rurais, exóticos e aves. A intenção é que os trabalhos proporcionem, novamente, aprendizado aos alunos.

Com a parceira e apoio do vereador André Bandeira, ele esclareceu que: “queremos, com a exposição, provocar uma mudança de paradigma, tirar as pessoas da zona de conforto e trazê-las mais para perto deste universo, criando assim novos agentes multiplicadores em prol da inclusão e da acessibilidade”. 

O parlamentar também é um dos organizadores do 9º Desfile da Inclusão, que acontece nesta sexta-feira (31), às 19h, no Shopping Piracicaba. 

Além do próprio Jefferson Palladino, participaram da ação os fotógrafos Juliana Terra, Márcia Jusan Fernandes, Maria Roseli de Freitas Silva, Tiago Mello, Raul Bonin Aguiar, Patrícia Diniz Bento Bernardo, Eliana dos Santos Gomes Almeida, Edna Celeste Salgado Bruzasco e Isabela Helena de Campos da Silva.  

SERVIÇO – Exposição O poder de retrato como uma forma de inclusão, dos alunos da Escola de Fotografia Palladino. De 3 a 14 de setembro. Visitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no hall do Salão Nobre da Câmara (rua Alferes José Caetano, 834, Centro). Entrada gratuita. Informações: (19) 3403-7130.



Texto:  Fernanda Rizzi
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: ExposiçãoAndré Bandeira

Notícias relacionadas