PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2019 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

30 DE NOVEMBRO DE 2018

Escorpiões: Lair Braga defende fiscalização contra 'acumuladores'


"Os bueiros estão lotados de escorpiões. Eles se proliferam e nenhum trabalho químico é feito. Olhem com mais atenção para essa questão", cobrou o vereador, na tribuna.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Lair Braga segura o calhamaço com reclamações que recebeu sobre escorpiões em Piracicaba






Diante da explosão do número de escorpiões na cidade e das reclamações que chegam aos gabinetes, o vereador Lair Braga (SD) cobrou do Executivo ações para combater a praga e maior rigor na fiscalização contra "acumuladores" ––moradores que fazem de suas residências depósitos de grande quantidade de materiais.

O parlamentar reproduziu na tribuna, durante a 71ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (29), uma foto, postada numa rede social, que mostra inúmeros escorpiões flagrados em um bueiro da cidade. "As galerias de esgoto estão empesteadas de escorpiões", criticava o comentário lido por Lair Braga, que exibiu um calhamaço de reclamações que já recebeu sobre o mesmo problema.

"Há uma grita geral. É necessário que o Centro de Controle de Zoonoses faça uma varredura e passe a fiscalizar com rigor os acumuladores que existem em Piracicaba", disse, citando casos que conhece na rua São José, na Vila Monteiro e na rua do Porto. "Os bueiros estão lotados de escorpiões. Eles se proliferam e nenhum trabalho químico é feito. Olhem com mais atenção para essa questão. Pessoas estão sendo picadas, adultos e crianças."

Ao falar de saúde, Lair Braga lamentou a demora na chegada da ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em dois casos que chegaram ao conhecimento dele. No primeiro, na madrugada de sábado (24) para domingo (25), o atendimento do serviço pediu à pessoa, cujo familiar estava sofrendo um AVC, para "ligar depois" de a tensão do momento diminuir.

No segundo, a ambulância apareceu na casa da pessoa às 9h de domingo, três horas depois de ser chamada. "Vieram cinco novas ambulâncias do Samu para Piracicaba. Então o que está ocorrendo? Estão faltando médicos, as ambulâncias não estão dando conta da demanda ou está faltando um pouco mais de carinho com a população?", questionou Lair Braga.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLair Braga

Notícias relacionadas