PIRACICABA, DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE SETEMBRO DE 2018

Coronel Adriana repudia pauta da Apeoesp contra o fim do Proerd


Parlamentar se posicionou sobre o assunto nesta segunda-feira



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Ela também fez moção de repúdio, aprovada em caráter de urgência






Entidade ligada ao professorado paulista colocou em sua pauta a luta contra o Proerd nas escolas, fato exposto nesta segunda-feira (17) pela vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), na 53ª reunião ordinária. Emocionada, ela destacou a importância do Programa Educacional de Resistência às Drogas, desenvolvido desde 1993.

A parlamentar exibiu uma reportagem sobre a entrega do certificado de participação a 900 alunos no Teatro Losso Netto. "Milito nesta causa há muitos anos. Os nossos instrutores são extremamente treinados, são os melhores policiais que temos e que entram nas escolas para dar recursos para as nossas crianças não serem vítimas. Elas são assediadas, não sabem o que fazer, o que dizer, e são vítimas em seus lares, dentro e fora das escolas. O Proerd é o único projeto institucional aplicado em todo o pais, acompanhado pela Senad (Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas)", comentou Coronel Adriana.

A luta contra o Proerd, segundo Adriana, foi incluída na pauta da assembleia estadual que a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) realiza em 21 de setembro, sob argumentação de combate ao militarismo. "Foi a pior coisa que poderia esperar da Apeoesp. Estamos preocupados com nossas crianças. Temos que respeitá-las. Não consigo não me emocionar quando falam do Proerd dessa forma leviana. Só o policial sabe o quanto é duro entrar em uma escola de periferia, que tem todo mundo contra ele, tendo que pedir autorização para chefe de tráfico."

Além da manifestação na tribuna, a vereadora apresentou -- em caráter de urgência -- a moção 134/2018, de repúdio, que seguirá para o governador estadual Márcio França.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoAdriana Nunes

Notícias relacionadas