PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

07 DE FEVEREIRO DE 2018

Ação de prevenção "Não dê carona para a morte" acontece nesta quinta


Vereador André Bandeira e equipe realizam ação de prevenção de acidentes de trânsito



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Ação de prevenção “Não dê carona para a morte” acontece nesta quinta


O vereador André Bandeira (PSDB) realiza nesta quinta-feira, 8, a partir das 16h00 no cruzamento das avenidas Independência e Carlos Martins Sodero, uma ação de conscientização de prevenção de acidentes de trânsito “Não dê carona para a morte”, que consiste na abordagem dos motoristas nos semáforos, explicando a importância do respeito às leis de trânsito e principalmente não ingerir bebidas alcoólicas se for dirigir.

André Bandeira relata que 43 mil pessoas perdem a vida todo ano em nosso país, tendo a faixa etária entre 18 a 29 anos com maiores ocorrências, com isso, o Brasil passa a estar em 5º lugar no ranking mundial de acidentes de trânsito. “A cada minuto uma vítima de acidente de trânsito fica com alguma sequela, o trânsito é o que mais colabora para o aumento de deficientes em nosso país”, disse.

“A cada 12 minutos uma pessoa morre no trânsito no Brasil, isso contando se a pessoa vier a óbito no momento do acidente, se ela chegar a ser socorrida, levada ao hospital mais próximo e vier a falecer dias depois, esta pessoa não entra na estatística de morte no trânsito e sim por outro motivo. Precisamos mudar este número. A vida é mais importante do que qualquer coisa”, explica Bandeira.

Bandeira ficou tetraplégico ao sofrer um acidente de trânsito. Ele estava sem o cinto de segurança no momento do impacto (naquela época não era obrigatório o uso). O acidente aconteceu há 22 anos, no cruzamento da avenida Armando de Salles Oliveira com rua Voluntários de Piracicaba, quando um motorista embriagado passou no sinal vermelho e colidiu com o seu carro. Com o impacto Bandeira quebrou o pescoço ficando sem os movimentos do troco para baixo. “Talvez se eu estivesse com o cinto de segurança, minha história poderia ter sido outra”, declara.

Diante disso, Bandeira deu o exemplo e motivou a sua equipe a participar da primeira ação que aconteceu em setembro do ano passado. “Realizamos a primeira ação em setembro, sendo um sucesso, por isso iremos realizar a segunda ação nas vésperas do feriado de carnaval, no qual mais ocorre acidentes de trânsito no país” disse.

O número de vítimas fatais de acidentes de trânsito aumentou em 45% em Piracicaba, em 2017. Os dados divulgados pelo Infosiga (Movimento Paulista de Segurança no Trânsito) apontam também que a maioria das vítimas era jovem e que o sábado é o dia da semana em que há mais mortes no trânsito.

Os dados apontam que em agosto de 2017, a cidade já tinha superado o número de mortes no trânsito de 2016 inteiro, com 46 casos. Em 2017, foram registradas 61 mortes, em 2016 aconteceram 42. A maioria das vítimas nos últimos três anos na cidade era jovem, de 18 a 24 anos.

O Infosiga também mostra o dia da semana em que ocorreram os acidentes e os veículos onde as vítimas estavam. Em 2017, a maioria dos acidentes aconteceram aos sábados, que representa 31% do total. Das vítimas, 19 estavam em motocicletas, 17 eram pedestres e 16 estavam em carros.

Quase a metade dos acidentes no último ano aconteceu no período noturno e as vítimas são, em 74% dos casos, homens. Os acidentes aconteceram dentro da cidade, majoritariamente: 44% em vias municipais, outros 38% são em rodovias e o restante não foi divulgado.

O parlamentar convidou a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e A Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes) para participar da ação.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Martim Vieira - MTB 21.939


Tópicos: CidadaniaAndré Bandeira

Notícias relacionadas