PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

11 DE FEVEREIRO DE 2020

Trevisan comenta ação contra Empresa de Desenvolvimento Habitacional


Vereador também falou sobre custo de manutenção dos banheiros públicos



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Parlamentar ocupou a tribuna da Câmara nesta segunda-feira






O vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) comentou ação que ele apresentou no Ministério Público, de contrato de R$ 575 mil celebrado pela Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional). Segundo ele, a Justiça emitiu uma sentença a favor.

Trevisan Jr. criticou o prefeito Barjas Negri e disse que as coisas não andam em uma cidade enquanto a maioria é cega, é surda, é muda. "É por isso que as coisas não mudam. Se a grande maioria não fosse nem cega, nem surda e nem muda, o prefeito já teria pedalado do cargo", declarou. "Como mantém no cargo um apessoa que foi afastada pela terceira vez do cargo", quesitonou.

Ele também disse que a cidade está abandonada em todos os lugares. "Não se limpa, não se mantém as praças", classificou, ao exibir uma sequência de fotografias de vias públicas com buracos. "E tem gente que aplaude, parabeniza. Aí faz uma obra e esquece de falar que é verba do governo federal."

Além disso, Trevisan questionou o reajuste de 4,58% nas tarifas residenciais pelo uso da água. Um requerimento foi elaborado, questionando o Executivo o fato de o indíce estar acima da inflação.

Outra notícia comentada pelo vereador foi o custo de R$ 3,4 milhões ao município para a manutenção de banheiros públicos.



Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas