PIRACICABA, DOMINGO, 19 DE JANEIRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE OUTUBRO DE 2019

Ser médico é seguir a um chamado de Deus, diz Ronaldo Moschini


Parlamentar enalteceu colegas médicos e ex-professores



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Ronaldo Moschini citou Ary Pedroso e Paulo Serra, colegas de profissão e vereadores






Em 18 de outubro é comemorado o Dia do Médico no Brasil. Para lembrar da data, o vereador Ronaldo Moschini (CID) ocupou a tribuna da Câmara, na 60ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (17). Ele enalteceu os colegas parlamentares, que assim como ele são profissionais da área: Paulo Serra, do mesmo partido, e Ary de Camargo Pedroso Jr. (SD).

Para Moschini, ser médico é seguir a um chamado de Deus. "É uma profissão bastante difícil", disse, ao lembrar que o profissional está sempre se atualizando, por meio de congressos. "Cabe a nós fazer a prevenção e a promoção da saúde", completou ele.

Ele citou seu ex-professor Euryclides de Jesus Zerbini, responsável por fazer a primeira cirurgia cardíaca no Brasil. "Na minha formatura, me recordo que ele colocou a mão em meu ombro e me disse: ´são todos iguais, esse cartucho enrolado vale o mesmo para todos, mas agora vão começar a se diferenciar na vida. O melhor médico será aquele que mais tempo passar ao lado dos seus pacientes, mais tempo se doar e mais tempo se sentar à beira do leito. Se dediquem, porque foram chamados a serem médicos'", rememorou.

Moschini também se recordou do professor de ginecologia e obstetrícia Miguel João Mauad, que aos 78 anos lhe mostrou o que era ser médico e cuidar das pessoas que mais precisam. "O amor que ele tinha pelos seus pacientes era invejável", completou, ao apresentar ainda um vídeo sobre a profissão.

 



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoRonaldo Moschini

Notícias relacionadas