PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

05 DE ABRIL DE 2019

Semana de Alergia Alimentar aborda alimentação escolar


Evento traz conscientização do tema e norteia a prestação do serviço na educação pública e privada



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

“Semana de Alergia Alimentar” ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio

“Semana de Alergia Alimentar” ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

“Semana de Alergia Alimentar” ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio

“Semana de Alergia Alimentar” ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

“Semana de Alergia Alimentar” ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio



A II Semana de Conscientização da Alergia Alimentar, iniciativa da vereadora Nancy Thame (PSDB), que ocorrerá entre os dias 14 e 16 de maio, tem como objetivo organizar e desenvolver ações em busca de melhorias na qualidade de vida de pessoas alérgicas, bem como de seus familiares.

A parlamentar afirma que alergia alimentar,  por ser considerada um problema de saúde pública, deve ser debatida como uma das principais pautas de políticas públicas de educação, de assistência, de saúde e alimentação.

“É uma forma de o Legislativo atuar na comunidade, atender demandas de caráter interdisciplinar que mobilizam diferentes setores, como estudantes que têm a oportunidade a adquirir conhecimento em suas áreas de atuação, mães, que se organizaram coletivamente e dispostas a levar a informação correta. Neste ano, teremos como parceiros o Coletivo Acolhimento Alimentar de Piracicaba, a ETEC (Escola Técnica Fernando Febiliano da Costa), o Sesc (Serviço Social do Comércio) e a Escola do Legislativo”, destaca.

Dispositivos como a Lei Federal 12.982 de 2014, que determina a compra de alimentos especiais para alunos que necessitam de dieta especial nas escolas públicas e a Lei Estadual 16.925 de 2019, que veda qualquer discriminação e determina a capacitação nas escolas públicas ou privadas para os acolher e integrar os alérgicos, celíacos, diabéticos, entre outras condições, são marcos importantes que melhoram o atendimento de alunos com alergias alimentares.

Nesta II Semana serão três dias de evento abordando as temáticas Alimentação Escolar como Ferramenta de Inclusão, Importância da agricultura familiar na merenda escolar, Alimentação inclusiva e Reações Alérgicas com choque anafilático e seus tratamentos.

Segundo dados, alergia alimentar é uma doença em que ocorre uma reação exagerada do sistema imunológico após a ingestão ou contato com determinado alimento. O corpo entende que o alimento é como um fator agressor que pode prejudicar o organismo e reage sempre que existe contato. Independente da quantidade consumida, cerca de 80% destas reações são desencadeadas por: leite, ovo, soja, trigo, amendoim, castanhas, crustáceos e peixes.

As reações podem ser tardias, levando horas ou até dias para se manifestar, e menos graves como dermatites, vômitos, diarreias. Ou podem ser imediatas, até duas horas após a ingestão. Ainda podem ser mais graves, provocando placas vermelhas (urticárias), edemas, falta de ar e anafilaxia, onde há risco de morte.

Estima-se que a prevalência das alergias seja de aproximadamente de 6% em crianças e de 3,5% em adultos. Para o alérgico alimentar, o único tratamento é a eliminação do consumo, inalação ou contato do alimento causador da reação, por meio de uma dieta de restrição.

“O acolhimento dessas pessoas é essencial, seja na escola, família ou trabalho. Alunas e alunos com alergias alimentares e demais condições que demandam dietas restritivas precisam de cuidados específicos para garantia de sua saúde e bem-estar no ambiente escolar”, enfatiza a legisladora.

A igualdade de acesso e permanência nas escolas norteia a prestação do serviço de educação pública e privada. Essa igualdade engloba o dever de se garantir o acesso à alimentação segura, nutricionalmente adequada, com respeito às necessidades peculiares de quem tem alergia alimentar. "E isso deve ocorrer não apenas nas refeições, mas, também, nas atividades pedagógicas e de recreação, inclusive em festas que aconteçam dentro do ambiente escolar”, finaliza.

PROGRAMAÇÃO

TERÇA-FEIRA (14) - 19h30-21h30

Local: Salão Nobre da Câmara de Vereadores
Rua Alferes José Caetano, 834, Centro, Piracicaba – SP

Abertura e Mesa-Redonda
* Vereadora Nancy Thame (coordenação e mediação)
* Juliana Poli (Alergologista Pediátrica)
* Carolina Romani Brancalion (3º Defensora Pública da Unidade Piracicaba)
* Alessandra Cozzo (Presidente CAE Piracicaba)
* Zélia Maria Altares (Fiscal CRN-3)
* Coletivo Acolhimento Alimentar

Observação: Atividade aberta ao público em geral.

 

QUARTA-FEIRA (15) - 18h
Local: SESC Piracicaba – Rua Ipiranga, 155, Centro, Piracicaba – SP

Mesa-Redonda "Importância da agricultura familiar na merenda escolar"
* Vereadora Nancy Thame (coordenação e mediação)
* Renata Pinotti (Nutricionista)
* Jacqueline Camargo Spolidoro Alves (Presidente do COMSEA)
* Diretora Maple Bear

Atendimento de NAES no currículo escolar
* Representante da EE Dr. Prudente

Conscientização escolar sobre o tema

Observações: Atividades abertas ao público em geral.
Inscrições antecipadas podem ser feitas no site da Escola do Legislativo: http://escola.camarapiracicaba.sp.gov.br/cursos


QUINTA-FEIRA (16)
Local: ETEC Cel. Fernando Febeliano da Costa – Rua Mons. Manoel Francisco Rosa, 433, Centro, Piracicaba – SP 

9h-11h30 – Aula Prática
Alimentação inclusiva
Local: Laboratório de Nutrição da ETEC
* Docentes: Drª Alessandra Cozzo (coordenadora do Curso de Nutrição)
* Coletivo Acolhimento Alimentar Piracicaba

Observação: Atividade será exclusiva para alunos(as) do Curso de Nutrição da ETEC.

14h-15h30 – Palestra
Reações Alérgicas com choque anafilático e seus tratamentos
Local: Salão Nobre da ETEC

* Enfermeira Ana Elisa Ártico (Coordenadora do Curso de Enfermagem)
* Enfermeira Michelle Brasileiro (Coordenadora do Curso de Enfermagem)

Observações: Atividade será exclusiva para alunos(as) da ETEC.

**Progamações sujeitas à alteração



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: SaúdeNancy Thame

Notícias relacionadas