PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

14 DE DEZEMBRO DE 2010

Imaflora é homenageado pela Câmara


O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), organização brasileira sem fins lucrativos, que foi criada em 1.995 para promover a conservaçã (...)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 Salvar imagem em alta resolução


O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), organização brasileira sem fins lucrativos, que foi criada em 1.995 para promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais para gerar benefícios sociais nos setores florestais e agrícolas, recebeu nesta segunda-feira (13/12), Moção de Aplausos do vereador Marcos Antonio de Oliveira (PMDB), pelos seus 15 anos de fundação

O Instituto atua na certificação socioambiental, através dos programas de certificação florestal e certificação agrícola que auxiliam na adequação socioambiental de empreendimentos florestais e agrícolas, na mobilização e qualificação, com projetos que estimulam a produção de consumo responsável e a capacitação de organizações e pessoas para realizar mudanças positivas nos modelos produtivos no setor, e nas políticas de interesse público, incentivando a participação das pessoas envolvidas, por meio de projetos que levam informações sobre conceitos socioambientais, transparência e controle social nas políticas públicas.

Além dos programas de certificação, o Imaflora atua em projetos que mobilizam a sociedade a adotar práticas mais sustentáveis de vida, colaborando para a conservação dos recursos naturais e para melhorias sociais, promovendo capacitação e treinamento, estímulo ao consumo responsável, mobilização do poder público e comunitário na gestão dos bens naturais, e ainda o envolvimento das áreas produtivas na adoção de práticas socioambientais.

O Imaflora também desenvolve o Projeto Piracicaba Sustentável, que tem por objetivo contribuir para a sustentabilidade socioambiental da cidade e se divide em três linhas de ação, que são elas, a  elaboração de estudos sobre diferentes aspectos socioambientais do município e de instrumentos que promovam maior participação da sociedade civil e subsidiem a tomada de decisão pelos órgãos públicos nas questões socioambientais do município;  no fortalecimento da articulação e da capacitação da sociedade civil de Piracicaba para ações de controle e participação e de órgãos públicos para a qualificação das políticas ambientais e na sensibilização dos diferentes atores da sociedade civil, poder público e cidadãos em geral, para que se apropriem das informações e instrumentos gerados em suas ações e reivindicações.

Sua história começou em 95, quando um grupo de profissionais decidiu fundar uma organização para desenvolver e incentivar, no Brasil, o chamado manejo florestal, ou seja, um sistema de combate ao desmatamento que possibilita explorar os recursos florestais com baixo impacto ambiental, ao mesmo tempo em que conserva a biodiversidade e respeita critérios socioeconômicos.

O  primeiro grande projeto do Imaflora foi o Programa de Certificação Florestal. Com ele, o Instituto passou a ser a primeira ONG do hemisfério sul a utilizar os critérios do FSC para avaliação de empreendimentos florestais. As normas da organização internacional passaram a ser adaptadas à realidade brasileira, considerando as dificuldades e desafios da conservação de suas florestas.

Em 1.996, o Imaflora ampliou o foco de suas atividades com o Programa de Certificação Agrícola, inspirado nos princípios do programa florestal. Além disso, passou a realizar programas complementares para treinamento e capacitação de produtores, sociedade civil e poder público, e a desenvolver ações para influenciar políticas públicas e incentivar o consumo responsável – atividades desenvolvidas em todos os programas e projetos e que são essenciais para o cumprimento da missão do Instituto.

Neste ano o Instituto que comemora seus quinze anos de fundação, o recebeu o prêmio Madeira 2010, na categoria ONG, conferido pelo Instituto Besc de Humanidades e Economia, pelo trabalho desenvolvido no último biênio, em favor do desenvolvimento econômico sustentável do segmento de plantações florestais.

O vereador Marcos Antonio de Oliveira, autor da propositura, parabenizou o Instituto pelos seus 15 anos de serviços prestados em prol do meio ambiente e o pelo prêmio Madeira 2010 e disse que ele desenvolve um trabalho brilhante.

Representantes do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola agradeceram ao vereador Marcos Antonio pela Moção e aos demais parlamentares por terem aprovado a propositura e comentaram que apesar de terem escritórios em outras cidades, sentem um carinho especial por Piracicaba.


Patrícia Sant Ana Amancio _ MTb: 24.154
Foto: Gustavo Annunciato _ MTb: 58.557



Texto:  Patrícia Moraes Sant'Ana - MTB 24.154


Tópicos: HomenagemMarcos Oliveira

Notícias relacionadas