PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 22 DE AGOSTO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE JUNHO DE 2019

Especial Concurso: O trabalho minucioso do arquivista na Câmara


Concurso será realizado no dia 7 de julho, a partir das 8h



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Sidney Jr (1 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Arquivista irá auxiliar na gestão documental da Câmara

Arquivista irá auxiliar na gestão documental da Câmara
Foto: Sidney Jr (2 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Departamento de Documentação e Transparência realiza restauração e higienização de documentos

Departamento de Documentação e Transparência realiza restauração e higienização de documentos
Foto: Sidney Jr (3 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Departamento de Documentação e Transparência realiza restauração e higienização de documentos

Departamento de Documentação e Transparência realiza restauração e higienização de documentos
Foto: Sidney Jr (4 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Arquivista irá auxiliar na gestão documental da Câmara

Arquivista irá auxiliar na gestão documental da Câmara
Foto: Sidney Jr (5 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Bruno Didoné de Oliveira está na Casa desde 2000

Bruno Didoné de Oliveira está na Casa desde 2000
Foto: Sidney Jr (6 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Departamento iniciou digitalização de documentos antigos da Casa

Departamento iniciou digitalização de documentos antigos da Casa
Foto: Sidney Jr (7 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Departamento iniciou digitalização de documentos antigos da Casa

Departamento iniciou digitalização de documentos antigos da Casa
Foto: Sidney Jr (8 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Atas e processos de 1948 estão sendo digitalizados

Atas e processos de 1948 estão sendo digitalizados
Foto: Sidney Jr Salvar imagem em alta resolução

Departamento de Documentação e Transparência realiza restauração e higienização de documentos



Dentre as 14 vagas disponíveis para o concurso da Câmara de Vereadores de Piracicaba, uma será destinada ao arquivista. O cargo foi criado através da Lei nº 5838, de 2 de outubro de 2006, que dispõe sobre a reorganização administrativa da Casa e dá outras providências.

Para esta vaga, 71 pessoas se inscreveram. O requisito é que se tenha o ensino superior completo em Arquivologia. O profissional irá trabalhar 40h semanais e receberá o salário de R$ 5.264,19.

Mas afinal, aonde o arquivista irá trabalhar na Casa? O diretor do Departamento de Documentação e Transparência, Bruno Didoné de Oliveira, explica como será a atuação do profissional neste local. “Esse departamento é responsável por fazer o gerenciamento e a organização de toda a documentação da Câmara. Aqui, ainda não temos um profissional específico na área em Arquivologia. Diante dessa necessidade, é que se deu a iniciativa de criar o cargo de arquivista para nos ajustar na gestão documental da Câmara”, contou.

Atuando desde julho no departamento e mais especificamente desde 1º de abril deste ano como diretor, Bruno também contou em entrevista à Comunicação como sua trajetória na Câmara foi essencial para entender a dimensão da responsabilidade de um servidor público.

Ele começou na Casa em 2000 como estagiário, aos 16 anos, ainda no departamento jurídico. Participou de um concurso em 2007 para a vaga de escriturário na prefeitura e passou. Porém, ficou por pouco tempo lá e foi transferido para a Câmara, ainda no departamento de assuntos jurídicos. Para ele, a estrutura da Câmara é muito boa, o que acolhe todos os funcionários. “Como o próprio nome diz, nós estamos aqui para servir o público e a população. Já por essa definição dá para se ter uma ideia da dimensão e da responsabilidade do servidor público”, ressaltou.

Neste departamento também há um trabalho muito atencioso na higienização e restauração de processos e atas antigas da Câmara. Uma delas que carrega mais histórias, é a de 1767. O arquivista terá acesso à digitalização destes arquivos, que é um trabalho recente do departamento, com documentos que datam de 1948.

Dentre algumas atividades descritas no edital, o arquivista será o responsável pelo desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes, promoção de medidas necessárias à sua conservação e a orientação quanto à classificação, arranjo e descrição de documentos.

PROVA - Com conhecimentos específicos, envolvendo terminologia arquivista, noções básicas de preservação e conservação de documentos e também a Lei de Acesso à Informação (nº 12.527/11), prova conhecimentos gerais como língua portuguesa, legislação, noções de informática e matemática. No mesmo dia também haverá a redação de língua portuguesa.

As inscrições terminaram no último dia 27 de maio e a prova ocorre no dia 7 de julho, às 8h, durante 4h30.



Texto:  Ana Caroline Lopes
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343




Tópicos: Concurso Público

Notícias relacionadas