PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 31 DE MARÇO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE FEVEREIRO DE 2020

Cerimônia denominará academia do bairro Parque Prezotto


Homenagem a Fernando Cesar Alonso, o Zé da Bala, acontece por iniciativa do vereador Gilmar Rotta



EM PIRACICABA (SP)  

Salvar imagem em alta resolução

Academia de ginástica está localizada na rua Bolívia - foto: Centro de Comunicação da Prefeitura



A academia ao ar livre da rua Bolívia, no bairro Parque Prezotto, receberá o nome de Fernando Cesar Alonso, o Zé da Bala, por iniciativa do vereador Gilmar Rotta (MDB), autor do projeto de lei 146/2019. A cerimônia de denominação acontece às 18h30 desta quarta-feira (12).

A homenagem foi aprovada pela Câmara em 21 de novembro, quando os parlamentares votaram o projeto de lei 146/2019, de autoria de Gilmar Rotta. Depois disso, seguiu para o prefeito Barjas Negri (PSDB), que sancionou a lei municipal 9.285/2019, em 22 de janeiro deste ano.

Segundo o Centro de Comunicação Social da Prefeitura, a academia fica em uma praça com área total de 6.045 metros quadrados. O local conta com parque infantil e é iluminado e com toda infraestrutura, como bebedouros e bancos.

O HOMENAGEADO - Piracicabano e filho de Osmir e Helena Alonso, Fernando nasceu em 27 de junho de 1967. Ainda menino, já demonstrava gosto e talento pelo futebol de campo e futsal. Começou jogando no Palmeirão, clube conhecido no Centro da cidade. Chegou a dar o pontapé inicial de uma partida com o jogador Sócrates, no colégio Dom Bosco, onde estudou durante a infância.

Já na adolescência, jogou por alguns anos no Abzalão, onde foi eleito o melhor jogador de futsal da cidade, mas, em meio as conquistas no futebol, Fernando teve que lidar com a perda de sua mãe, em 1983, em decorrência de um câncer. Neste período, ele passava muito tempo na escola, lugar em que recebeu de um padre o apelido de “Zé da Bala”, por sempre ser o primeiro da fila a pegar as balas que ele distribuía aos alunos.

Próximo de seus 17 anos, jogou profissionalmente pelo Guarani Futebol Clube, de Campinas. Depois, retornou a Piracicaba e defendeu por pouco tempo o XV de Novembro, antes de “pendurar as chuteiras” no futebol profissional.

Aos 27 anos casou-se com Luciana Rosolem, com quem teve dois filhos, Pyera e Fernando. Com a fama de "excelente jogador", participou por muitos anos dos campeonatos amadores do Clube Cristóvão Colombo, onde foi campeão por diversas vezes e até hoje é considerado um dos melhores jogadores do clube.

“Fernando Cesar Alonso faleceu em 21 de fevereiro de 2011, com apenas 43 anos de idade, mas com certeza sua enorme generosidade fez e continua fazendo a diferença na vida de muitas pessoas e, talvez, isso explique o porquê sempre foi tão querido e amado por todos à sua volta”, disse Gilmar.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoGilmar Rotta

Notícias relacionadas