PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 18 DE FEVEREIRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE DEZEMBRO DE 2019

Câmara aprova projeto que institui Dia Municipal da Prematuridade


Projeto de lei 287/2019, do vereador Ronaldo Moschini, foi aprovado, em Primeira Discussão, durante a 75ª reunião ordinária.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


O Dia Municipal da Prematuridade foi instituído no calendário oficial de eventos do município por iniciativa do vereador Ronaldo Moschini (CID). O projeto de lei 287/2019 foi votado, em Primeira Discussão, na 75ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (12). Mais tarde, a propositura foi aprovada, em Segunda Discussão, na 21ª reunião extraordinária. A data será celebrada anualmente no dia 17 de novembro.

O projeto de lei tem como objetivo dar visibilidade à situação dos prematuros e de suas famílias, buscando angariar apoio à causa, garantir direitos e bem-estar, bem como pensar em estratégias para diminuir a taxa de prematuridade.

Segundo Moschini, os bebês que nascem com menos de 37 semanas de gestação são considerados prematuros. “Anualmente, nascem no mundo mais de 15 milhões de bebês prematuros. No Brasil, eles são 12,4% dos recém-nascidos”, disse o parlamentar.

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Pediatria, as crianças que nascem antes das 28 semanas de gravidez têm uma sobrevivência de 70%. Já as que nascem antes das 30 semanas, têm uma taxa de sobrevivência de 80% e as crianças sobreviventes têm tendência a sofrer de paralisia cerebral, problemas visuais ou problemas auditivos.

“A maior possibilidade de ocorrerem complicações e problemas de saúde demanda um cuidado especial aos bebês precoces”, alertou o vereador.



Texto:  Raquel Soares
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: LegislativoRonaldo Moschini

Notícias relacionadas