PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

24 DE MAIO DE 2019

Pedro Kawai pede informações sobre cadastro de vans escolares


Vereador deseja saber sobre a quantidade de vans cadastradas no município e características de vistoria e fiscalização das vans



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Requerimento foi aprovado na 30ª reunião ordinária






Por meio do requerimento 408/2019, aprovado nesta quinta-feira (23), na 30ª reunião ordinária, o vereador Pedro Kawai (PSDB) solicita informações sobre as vans escolares cadastradas no município. No texto da propositura, o parlamentar pergunta a quantidade de vans escolares cadastradas, o tempo de validade da vistoria dos veículos, onde e como deve ser feito o registro e como é feita a fiscalização das vans que transitam pela cidade.

Kawai utilizou a tribuna e comentou que, em seu cotidiano, costuma ver constantes situações de abuso de motoristas de vans. " A van para na frente da escola, no meio da rua, e se vem uma moto no meio do corredor? Ou não estaciona direito, faz ultrapassagens perigosas devido ao horário", disse o parlamentar.

O vereador também criticou a falta de fiscalização das vans. "Quero fazer um alerta para a Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte), que no horário da manhã, por volta das 7h, a gente não vê um agente de trânsito na rota dessas vans", comentou.

"Não é possível ainda vermos vans sem o adesivo de vistoria", disse o vereador. "Fica também um alerta aos pais, para prestarem atenção se essa van passa nos horários adequados, perguntar na escola como ela chega lá, se está no horário certo, se essa van é registrada, se é vistoriada, isso também é responsabilidade de nós pais", completou o parlamentar.

Pedro Kawai agradeceu os vereadores pela aprovação do requerimento, elogiou o trabalho do secretário da Semuttran, Jorge Akira, e disse que aguarda a resposta da secretaria sobre este problema. "Queria fazer esse alerta para criar esse olhar diferenciado sobre o transporte de vans escolares, porque algumas, não são todas, mas algumas tem colocado nossas crianças em risco."

O parlamentar Lair Braga (SD) comentou que alguns motoristas de vans não possuem ajudantes e isso também deve ser pensado.

Láercio Trevisan Jr. (PL) disse que não é possivel cobrar dos motoristas de vans a escolha do local da parada para a descida dos alunos, pois, segundo ele, não há sinalização nas ruas das escolas indicando o local adequado para a parada. "Quem tá errado é a van ou a secretaria que planeja essa descida das crianças das vans?", comentou o vereador.

Kawai respondeu a fala de Laércio Trevisan Jr. e disse que a falta de sinalização não justifica a imprudência dos motoristas de vans. "Concordo que não tem vaga, mas se não tem vaga, eu tenho que deixar as crianças no meio da rua? Não é assim que funciona", comentou o vereador.

Paraná (CID) concordou com o requerimento e citou propositura que assinou com os vereadores Wagner Oliveira (PHS), Paulo Campos (PSD), Lair Braga e Marcos Abdalla (REP), para mudança de direção da via e receberam a resposta que a mudança não seria realizada porque a via é utilizada para o tráfego de vans. "As vans no sentido Santo Antônio param em frente ao Sesi, abrem as portas do lado direito e as crianças têm que atravessar a rua para ir até a escola. Então, o que tem que ser feito para que isso esteja em ordem?", disse Paraná.



Texto:  Larissa Souza
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoPedro Kawai

Notícias relacionadas