PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 24 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE MARÇO DE 2019

Nancy Thame reforça luta em defesa das mulheres


Ela apresentou dados do Mapa da Violência, elaborado pela Câmara dos Deputados



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereadora destacou ainda a programação da Semana da Mulher 2019






Roda de conversa, reunião solene, luau e mesa-redonda compõem a Semana da Mulher 2019. Uma das autoras da iniciativa, a vereadora Nancy Thame (PSDB) destacou a programação, iniciada nesta quinta-feira (7). Seu pronunciamento ocorreu na 9ª reunião ordinária, quando destacou ainda que o trabalho é feito em parceria com a colega Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS).

As discussões desta edição seguem como tema as perspectivas e os desafios nas políticas públicas para as mulheres, lembrou Nancy, ao mencionar a conquista do voto, a igualdade de gênero assegurada na Constituição de 1988, porém com as mudanças consolidadas apenas em 2002, por meio do novo Código Civil.

Embora o aspecto legal preveja que nada pode obstruir a igualdade de gênero no país, a vereadora refletiu sobre o que pode estar acontecendo para que isso não ocorra, na prática. "Na verdade temos uma barreira cultural para que esses avanços sejam mais efetivos", disse, sem deixar de apresentar dados que atestam a desigualdade entre homens e mulheres no cenário brasileiro na educação e na renda. "Avançamos, mas temos muito o que avançar", completou.

Ela apresentou ainda o contexto em que a violência contra as mulheres se dá no Brasil, a partir do Mapa da Violência 2018, da Câmara dos Deputados: a cada 17 minutos, ocorre uma agressão física à mulher no país; a violência psicológica ou moral a esse público se dá também a cada 30 minutos, e a cada três horas há relatos de cárceres privados, sendo oito casos de violência sexual descobertos em um mesmo dia e 33 assassinatos de mulheres por semana. "Essa violência atinge a parte mais vulnerável da família, porque a violência contra a mulher atinge os filhos, e isso tem sequelas para sempre."

Nancy usou como exemplo a composição atual da Câmara de Piracicaba, que possui 21 parlamentares do sexo masculino e apenas duas mulheres. Por outro lado, várias propostas em prol das políticas públicas pela igualdade de gênero têm ganhado guarida no Legislativo do município, disse a vereadora, ao trazer como exemplos o Conselho Municipal da Mulher, o Dia Internacional da Mulher e a Semana da Mulher, Dia da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha, os 18 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, o Fórum Permanente de Empreendedorismo Feminino, entre outros.

Temas relevantes sobre a sociedade atual também estão sendo trazidos recentemente, inclusive na Escola do Legislativo, o que segundo a vereadora é importante porque as mulheres apresentam um "pensar diferente".



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoNancy Thame

Notícias relacionadas