PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

20 DE MARÇO DE 2020

Moschini faz alerta sobre coronavírus e apela para isolamento social


Vereador, que é médico, falou sobre os sintomas da doença e pediu para que a população permaneça em casa



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Ronaldo Moschini (CID) ocupou a tribuna para falar sobre o coronavírus






O vereador Ronaldo Moschini (CID) ocupou a tribuna, durante a reunião ordinária desta quinta-feira (19), para alertar a população sobre a gravidade do coronavírus (Covid-19) e pedir para as pessoas se isolarem em suas residências.

Moschini, que é médico, falou de sua preocupação em orientar os moradores de Piracicaba sobre os cuidados que devem ser tomados já que o coronavírus é uma “preocupação mundial” e não apenas do município.  Ele destacou a importância de as empresas deixarem os funcionários em isolamento social que, segundo ele, significa “manter as pessoas dentro de suas residências”.

Na tribuna, o vereador informou que uma das complicações da doença ocasionada pelo coronavírus é a fibrose pulmonar e insuficiência respiratória e afirmou que o paciente que “não tiver respirador, morre”. “Em situações normais, eu trabalhador do SAMU, sem pandemia, sem epidemia, quantas vezes cheguei numa situação de não ter um respirador a mais no hospital para que pudesse tirar um paciente da UPA para o hospital”, desabafou. E completou: “Imagina numa pandemia de coronavírus, qual situação a gente pode enfrentar”.

Ronaldo Moschini pediu para as pessoas não se aglomerarem em supermercados e nem estocarem comida e medicamentos, atitudes que,  segundo ele, não são necessárias. O vereador também pediu para a população evitar lugares que tenham muitas pessoas, como igrejas e templos, e afirmou que todos esses lugares devem ser fechados por ordem e não por consciência.

“É hora de ficar na sua residência, é hora de usar álcool nas mãos, lavar inúmeras vezes com água e sabão, tomar cuidado com tosse, com falta de ar, espirros, secreção pulmonar, qualquer sinal procurar um hospital, ou procurar um pronto atendimento na cidade ou as unidades de saúde.”, apelou o vereador.

Para ele, os atendimentos nas unidades de saúde devem ser priorizados para as pessoas com sintomas do coronavírus e não para consultas eletivas: “Pelo amor de Deus, agora não é hora de ficar vendo exame de colesterol, agora não é hora de ficar fazendo exame de papanicolau, agora é hora de ver quem tem tosse, quem espirra e tem secreção”, suplicou. 

 

 



Texto:  Daniela Teixeira - MTB 61.891
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Legislativo Ronaldo Moschini

Notícias relacionadas